Archive for outubro 4th, 2019

Em Natal, cesta básica registra queda e preço médio é de R$ 352,57 em setembro

Cesta básica de Natal é a terceira mais barata entre capitais pesquisadas, segundo o Dieese.  — Foto: Divulgação
Cesta básica de Natal é a terceira mais barata entre capitais pesquisadas, segundo o Dieese. — Foto: Divulgação

O preço médio da cesta básica de alimentos em Natal ficou em R$ 352,57 no mês de setembro, de acordo com o Departamento Intersindical de Estudos Econômicos e Sociais (Dieese). O valor significou redução de -0,53% em relação ao custo em agosto. Esse foi o terceiro menor preço registrado entre as 17 capitais pesquisadas.

De acordo com o órgão, em 12 meses, a variação acumulada foi de 6,74%. No acumulado de janeiro a setembro de 2019, a variação foi de 3,27%.

Em 12 meses, de setembro do ano passado até agora, o feijão carioquinha foi o que mais teve aumento de preço (41,05%). O tomate aumentou 34,18%, a banana, 15,63%. Os produtos foram seguidos pelo óleo de soja (8,04%), arroz agulhinha (7,23%), açúcar (6,79%), manteiga (5,48%), pão francês (4,28%) e carne bovina de primeira (2,51%).

O trabalhador natalense cuja remuneração equivale ao salário mínimo precisou cumprir jornada de trabalho de 77 horas e 43 minutos, em setembro de 2019, para comprar a cesta. Em agosto, o tempo necessário foi de 78 horas e 44 minutos. Já em setembro de 2018, a jornada média era de 76 horas e 10 minutos.

Em setembro de 2019, o custo da cesta em Natal comprometeu 38,40% do salário mínimo líquido (após os descontos previdenciários), percentual menor que o de agosto (38,60%). Em setembro de 2018, equivalia a 37,63%.

G1

Sem coleta, lixo hospitalar fica acumulado em unidade na Zona Norte de Natal

Lixo hospitalar acumulado no Hospital Santa Catarina, na Zona Norte de Natal — Foto: Reprodução
Lixo hospitalar acumulado no Hospital Santa Catarina, na Zona Norte de Natal — Foto: Reprodução

Sem coleta feita pela empresa contratada para o serviço, o lixo produzido no Hospital Dr. José Pedro Bezerra, conhecido como Hospital Santa Catarina, está acumulado desde a última terça-feira (1º) na unidade, localizada na Zona Norte de Natal. O motivo é a falta de pagamento. O caso foi confirmado pela Secretaria Estadual de Saúde.

A pasta afirmou que está negociando com a empresa contratada, para tentar resolver a situação. Outras unidades hospitalares, atendidas pela mesma empresa, também estão sem atendimento, mas a Sesap não informou quais são. Ainda não há previsão de quando o serviço será retomado.

“A Secretaria de Estado da Saúde Pública informa que está concentrado esforços e realizando negociações com a empresa fornecedora do serviço de coleta de lixo hospitalar para que as atividades sejam retomadas o quanto antes”, informou na nota.

“Reforça, ainda, que apesar das dificuldades financeiras, a secretaria reafirma seu compromisso com suas parcerias que ajudam a garantir a assistência à população potiguar”, concluiu.

G1

Toffoli, a favor dos bandidos, diz que Supremo vai concluir neste mês julgamento que pode anular condenações

Resultado de imagem para Tóffoli
Tóffoli tentará soltar o Lula / ROSINEI COUTINHO/SCO/STF

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, disse nessa quinta-feira (3) que será concluído ainda neste mês o julgamento da tese que pode levar à anulação de sentenças da Operação Lava Jato e de outros processos criminais.

O objetivo de alguns ministros é de soltarem o Lula e livra-lo da condenação do caso do Sítio de Atibaia.

Não há previsão legal que os juízes devesse colocar os réus delatores para apresentar as Alegações Finais antes dos réus delatados. Então os juízes não erraram.

Como criticou o ministro Celso de Melo dizendo que o STF estaria legislando, o que é dever constitucional do Congresso, e que estava dando um jeitinho brasileiro para livrar bandidos poderosos da cadeia.