Archive for setembro 6th, 2020

PSL oficializa candidatura de Sérgio Leocádio à prefeitura de Natal

Delegado da Polícia Civil, ele concorre ao cargo pela primeira vez. — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

O Partido Social Liberal (PSL) oficializou nesta sexta-feira (4), a candidatura de Sérgio Leocádio para a Prefeitura de Natal nas Eleições 2020. O anúncio aconteceu durante a convenção partidária. A vice da chapa será Deusa Martins, do Partido Progressista (PP). O partido também anunciou na convenção que tem 21 pleiteantes a vereador.

Perfil
Delegado da Polícia Civil do Rio Grande do Norte, Sérgio Leocádio vai disputar a prefeitura de Natal pela primeira vez. Antes, ele foi secretário de segurança pública e defesa social na gestão Micarla de Sousa. Em 2018, foi candidato pelo Partido Social Cristão (PSC) a vice-governador na chapa com Brenno Queiroga (Solidariedade), que terminou em quarto lugar.

Durante a convenção, Leocádio disse que busca implementar uma gestão moderna na cidade. A vice da chapa, Deusa Martins, é delegada aposentada da Polícia Civil.

O Partido Social Liberal (PSL) oficializou nesta sexta-feira (4), a candidatura de Sérgio Leocádio para a Prefeitura de Natal nas Eleições 2020. O anúncio aconteceu durante a convenção partidária. A vice da chapa será Deusa Martins, do Partido Progressista (PP). O partido também anunciou na convenção que tem 21 pleiteantes a vereador.

Perfil
Delegado da Polícia Civil do Rio Grande do Norte, Sérgio Leocádio vai disputar a prefeitura de Natal pela primeira vez. Antes, ele foi secretário de segurança pública e defesa social na gestão Micarla de Sousa. Em 2018, foi candidato pelo Partido Social Cristão (PSC) a vice-governador na chapa com Brenno Queiroga (Solidariedade), que terminou em quarto lugar.

Durante a convenção, Leocádio disse que busca implementar uma gestão moderna na cidade. A vice da chapa, Deusa Martins, é delegada aposentada da Polícia Civil.

A Fonte

Culpa do Fachin: Facção criminosa paulista invade o RJ

Edson Fachin – Wikipédia, a enciclopédia livre
Foto da Internet

A maior facção do tráfico de drogas de São Paulo formou um cinturão no interior do Estado do Rio. Um levantamento feito pelo EXTRA com base em processos judiciais, investigações das polícias Civil e Federal e dados da Secretaria estadual de Administração Penitenciária revela que o grupo tem bases em dez cidades no estado — espalhadas pela Costa Verde, Região dos Lagos, Sul e Centro-Sul.

Em pelo menos três dos municípios, o grupo instalou bocas de fumo. Nos outros, mantém uma estrutura logística para venda de drogas a facções parceiras.

Para policiais que investigam o bando, a facção de São Paulo ocupa, no interior do Rio, vácuos de poder deixados pelas quadrilhas do estado. O interesse dos paulistas é tanto estabelecer novas rotas para a capital do Rio e para Minas Gerais quanto abastecer mercados de cidades de porte médio.

Três Rios, no Centro-Sul Fluminense, é a cidade do estado com maior penetração da facção. A proximidade do município com Minas Gerais facilitou a entrada do grupo criminoso, que também tem braços em Juiz de Fora, a apenas 60 quilômetros de distância.

Segundo a investigação da PF que culminou na Operação Fluvial, de 2019, mesmo preso em São Paulo, o paulista Marcelo Araujo da Silva, o MM, fornece a droga que é vendida nos bairros da cidade dominados pela facção.

Desde 2018, o pacato município é palco de uma guerra entre o grupo paulista e a maior facção do Rio. Os homicídios em Três Rios explodiram com a disputa: foram 47 em 2019, contra 17 no ano anterior. O episódio mais sangrento da guerra foi uma chacina num bar no bairro Vila Isabel — localidade dominada pelos paulistas — em agosto do ano passado. Na ocasião, quatro homens da facção de São Paulo foram mortos por rivais.


Clique no link abaixo e veja a matéria completa:


https://extra.globo.com/casos-de-policia/faccao-de-sao-paulo-ja-tem-bases-em-dez-cidades-no-interior-do-rio-24625652.html

STTU confirma mudança de itinerário nas linhas 21 e 30 a partir de terça-feira (8)

Linhas de ônibus 21 e 30 mudam de itinerário a partir de terça-feira;  confira - Agora RN
Foto José Aldenir / Agora RN

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) anunciou que, a partir de terça-feira (8), haverá mudança nos itinerários das linhas 21 (Felipe Camarão/Areia Preta) e 30 (Felipe Camarão/Pirangi, via Candelária) que atuam no transporte público de Natal. O objetivo é melhorar o serviço ao passageiro diante da demanda de 130 mil passageiros por dia, número que circula atualmente no sistema durante a pandemia da Covid-19.

De acordo com o órgão, em condições normais, o sistema transporta 350 mil passageiros por dia.

A linha 63 (Felipe Camarão/Campus) também terá viagens reforçadas na terça-feira e passará a circular com intervalo médio de 20 minutos durante todo o dia. Também terá mudança na nomenclatura, passando a se chamar O63 (Felipe Camarão/Campus, via Av. Bernardo Vieira).

Confira as mudanças:

Linha 21

A linha 21 (Felipe Camarão/Areia Preta) passa a retornar da Av. Getúlio Vargas, em Petrópolis, nos dias úteis. Com a mudança, a linha passa a se chamar O21 (Felipe Camarão/Petrópolis, via Alecrim) e terá intervalo entre viagens médio de 20 minutos.

Para seguir de Felipe Camarão em direção à Areia Preta, o passageiro realizará integração na Cidade Alta na linha 56. Já de Areia Preta para Felipe Camarão, o passageiro fará integração na Cidade Alta com a linha O21 e O22.

O morador de Areia Preta continuará contando com a linha L56 (Rocas/Ponta Negra, via Via Costeira) podendo realizar integração na Cidade Alta para se deslocar em direção a qualquer região da cidade.

Linha 30

A linha 30 (Felipe Camarão/Pirangi, via Candelária) passa a ter seu retorno no Viaduto de Ponta Negra e a linha 31 (Felipe Camarão/Pirangi, via Candelária) passa a ter seu itinerário incorporado a linha 30.

Com as mudanças, a linha passa a se chamar O30 (Felipe Camarão/Mirassol, via Av. Cap.-Mor Gouveia/Candelária) e, ao chegar na BR-101, seguirá direto para o Viaduto de Ponta Negra, sem passar pelo Campus Universitário. A linha continuará a atender Candelária, tanto na ida como na volta. O intervalo médio entre viagens será de 20 minutos.

Para seguir de Felipe Camarão em direção a Neópolis, o passageiro realizará integração no Natal Shopping nas linhas 51 e 52. Já de Neópolis para Felipe Camarão, o passageiro fará integração no Via Direta nas linhas O30 ou O63.

G1RN