Archive for janeiro 9th, 2022

Polícia identifica 5 dos 10 mortos na tragédia em Capitólio; vítimas são de MG e SP

Parentes das vítimas da tragédia em Capitólio (MG) aguardando os corpos no Instituto Médico Legal (IML) / JOEL SILVA/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Polícia Civil de Minas Gerais divulgou neste domingo, 9, o nome de cinco das dez vítimas do acidente em Capitólio, no qual uma rocha se desprendeu e atingiu quatro lanchas. Trata-se de Júlio Borges Antunes, de 68 anos, natural de Alpinópolis (MG), Camila Silva Machado, de 18 anos, natural de Paulínia (SP) e Mykon Douglas de Osti, de 24 anos, natural de Campinas (SP). Os três corpos já foram liberados aos familiares. Outras duas vítimas, Sebastião Teixeira da Silva, de 64 anos, natural de Anhumas (SP) e a esposa, Marlene Augusta Teixeira da Silva, de 57 anos, natural de Itaú de Minas (MG), ainda estão no Instituto Médico Legal (IML). Segundo a polícia, os dez mortos estavam na lancha “Jesus”, se conheciam e estavam hospedados em uma pousada em São José da Barra.

O médico-legista Marcos Amaral afirmou que houve “trauma de altíssima energia”. Devido à situação dos corpos, estão sendo aplicados os mesmos protocolos adotados no caso das vítimas do rompimento da barragem em Brumadinho. “As identificações podem ser feitas por DNA, comparação de radiografias e arcada dentária, e por digitais”, afirmou. O delegado responsável pelo caso, Marcos Pimenta, ressaltou que a prioridade da polícia neste momento é a identificação das vítimas.

Jovem Pan

Pará de Minas determina alerta máximo por risco de rompimento de barragem e ordena evacuação

Prefeitura emitiu alerta máximo para risco de rompimento de barragem e determinou evacuação de casas / Reprodução/Twitter @prefeituraparademinas_oficial

A prefeitura da cidade de Pará de Minas (MG) estabeleceu o nível de alerta máximo por causa do risco de rompimento da barragem da Usina do Carioca. Além disso, para evitar a perda de vidas, a prefeitura ordenou a evacuação da cidade.

“A prefeitura de Pará de Minas e a Defesa Civil recomendam que os moradores abaixo da Usina do Carioca saiam Imediatamente de suas casas devido ao alto risco de rompimento da barragem”, diz uma publicação feita pelo perfil oficial da prefeitura de Pará de Minas. As autoridades também informaram que um ponto de apoio já está em funcionamento para atender aqueles que não têm para onde ir. As cidades de Pitangui, Onça de Pitangui, São João de Cima, Casquilho de Baixo, Casquilho de Cima e Conceição do Pará também estão em alerta máximo para o risco.

Jovem Pan