Archive for janeiro 19th, 2022

Henrique Alves diz que MDB é a vida dele, mas atos recentes do político mostram o contrário

Foto reprodução

O ex-deputado e ex-ministro Henrique Eduardo Alves anunciou que será candidato a federal nas eleições do próximo ano com um discurso voltado para o partido, afirmando que o MDB é a sua vida e tudo mais. Contudo, as atitudes recentes dele mostram o contrário.

“O MDB é minha casa, minha história e minha vida”, disse.

Mas, a começar por 2018, eleições de destaque no RN, que tiveram palanques fortes, quando Walter Alves foi candidato a deputado federal pelo MDB, Henrique decidiu apoiar a candidatura de Benes Leocádio pelo PTC.

Na mesma eleição, o próprio Henrique também anunciou o voto em Tomba Farias, do PSDB, para deputado estadual.

BG

Mourão afirma que reajuste para servidores ‘não tem espaço no orçamento’

WALLACE MARTINS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), afirmou nesta terça, 18, que não há espaço fiscal no orçamento para conceder reajustes salariais a todas as categorias de servidores públicos, e colocou em dúvida os aumentos que o presidente Jair Bolsonaro (PL) prometeu a integrantes das forças de segurança públicas. “Você sabe muito bem que não tem espaço no orçamento para isso, né?”, respondeu Mourão ao ser questionado sobre os reajustes. Servidores realizaram protestos em diversos Estados nesta terça, em uma tentativa de pressionar para que os reajustes ocorram, e ainda preveem a possibilidade de greve no início de fevereiro. Funcionários da Receita Federal e do Banco Central já entregaram os cargos, também em protesto.

Sobre os aumentos prometidos, o vice-presidente evitou confirmar que ocorrerá. “Não sei nem se o presidente vai conceder isso aí. Não sei, vamos aguardar o presidente bater o martelo nisso aí. O espaço orçamentário é muito pequeno, né?”, disse Mourão. O orçamento aprovado no Congresso para 2022 prevê um espaço fiscal de R$1,7 bilhão para reajustes salariais aos funcionários públicos, que Bolsonaro prometeu conceder à Polícia Federal (PF), à Polícia Rodoviária Federal (PRF) e ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen). Contudo, o reajuste ser concedido apenas a policiais gerou insatisfação de outras categorias, o que fez o presidente considerar a possibilidade de não dar aumentos para nenhuma categoria. Bolsonaro tem até sexta, 21, para sancionar o Orçamento.

Jovem Pan

Anvisa deve liberar nesta quarta-feira uso de autotestes de Covid-19

Equipamente utilizado na testagem rápida para detectar a Covid-19 / Banco de imagens/Pixabay

A diretoria colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) se reúne nesta quarta-feira, 19, e também amanhã para definir novas ações de combate à Covid-19. Na tarde desta quarta deve ser definida a possibilidade da implementação de autotestes para o coronavírus no Brasil. O pedido do Ministério da Saúde prevê que os autotestes sejam comercializados em farmácias. A rede farmacêutica do país é bastante ampla, e muitas já estão fazendo testes rápidos de Covid-19. Deverá caber às próprias farmácias orientar os clientes caso o autoteste dê positivo.

Em entrevista à Jovem Pan News, o infectologista Marcos Boulos se diz favorável à implementação dos autotestes, sobretudo com o aumento de casos e a ineficiência em atendimento na rede de saúde. “O Covid pode ter uma evolução mais prolongada, então é necessário nós sabermos, até para o acompanhamento. Pessoas que geralmente têm um quadro com uma cardiopatia ou um quadro pulmonar, é preciso que sejam acompanhadas um pouco mais, porque às vezes o Covid pode dar uma complicada após o quinto, sexto, sétimo dia, interessa acompanhar. Por isso que é necessário saber. Agora, a pessoa não deve ir para o hospital a não ser que tenha falta de ar ou esteja sofrendo. Se tiver o autoteste, a importância de a gente saber o que é que tem. Só vai pro hospital se necessário for”, explicou.

Já na próxima quinta-feira, 20, os diretores da Anvisa vão discutir o pedido do Instituto Butantan para uso da CoronaVac em crianças. Reuniões entre o instituto e diretores da Anvisa foram feitas nos últimos dias para esclarecer algumas dúvidas em relação ao imunizante. Uma diferença em relação à vacina da Pfizer é que as doses da CoronaVac para as crianças são as mesmas aplicadas nos adultos.

*Com informações do repórter Fernando Martins / Jovem Pam

Parlamento Estadual supera produção legislativa e registra maior número de leis sancionadas nos últimos 20 anos

Crédito da Foto: Eduardo Maia

A atuação do Poder Legislativo estadual no ano de 2021 foi definida pela superação. No segundo ano de pandemia e depois da fase de adaptação às novas ferramentas, condições de trabalho, implantação dos sistemas necessários para a realização do teletrabalho e das sessões por deliberação híbrida, os 24 deputados ouviram os anseios da sociedade potiguar e traduziram-nas em leis.

O resultado é que, até o final do mês de novembro de 2021, o Poder Executivo do RN sancionou um total de 9 leis complementares e 215 leis ordinárias, todas apresentadas pelo Parlamento Potiguar. Esse é o maior número de leis sancionadas desde o ano de 2000, período no qual o Governo do Estado começou a reunir e disponibilizar na internet os documentos com os textos de todas as leis sancionadas na íntegra.

“Estes números, mais que quantidade, demonstram a capacidade produtiva da atual legislatura empenhada em promover mudanças na vida dos que mais precisam. Vale salientar que estamos enfrentando um período de pandemia, totalmente atípico para todos os setores. E, ainda assim, os deputados do Rio Grande do Norte focaram no compromisso de servir a sociedade e legislar em prol da coletividade”, destaca Ezequiel Ferreira, presidente da Assembleia Legislativa.

Covid-19 em pauta
Desse total, ecoando o principal anseio da sociedade na atualidade, mais de 20 leis contemplaram aspectos diversos relacionados à Covid-19 no Rio Grande do Norte. De normas que incluíram profissionais da educação e pessoas com deficiências e outras condições especiais como prioritários na fila de vacinação, passando pela atenção a familiares que perderam entes queridos e pela criação de uma política de sanitização de ambientes, culminando na suspensão de todos os prazos relativos aos concursos públicos em razão da pandemia do novo coronavírus.

“Essa matéria é fruto de esforço e entendimento político de vários deputados e repara uma injustiça garantindo que os concursados não sejam mais punidos pela pandemia. Muitos lidam com perdas e ainda com o luto coletivo que estamos na sociedade. O projeto garante, para essas pessoas, a esperança de ser chamado por um concurso”, destaca a deputada Isolda Dantas (PT), autora do Projeto de Lei.

Mulher
O combate à violência contra as mulheres foi o segundo tema que mais apareceu no escopo das propostas apresentadas pelos deputados da Assembleia do RN em 2021. Um exemplo é a lei, de autoria da deputada Cristiane Dantas (SDD), que implementa a “Campanha Sinal Vermelho para a Violência Doméstica” no RN, que consiste na oferta de um canal silencioso, para que mulheres vítimas de violência se identifiquem em todos os estabelecimentos comerciais do Estado. As mulheres identificadas com um “X” vermelho na palma da mão estão sinalizando uma situação de violência.

Também de autoria de Cristiane, foi aprovada a proposta que institui o Programa “Tempo de Prevenir”, que dispõe sobre a educação, reflexão, conscientização da população para a transformação social das comunidades por meio da desconstrução do machismo estrutural, apresentação da Lei Maria da Penha e construção de projetos capazes de garantir renda às mulheres em situação de risco.

Outras leis sancionadas focam na educação da população sobre temas ligados à temática das lutas das mulheres e formação de redes de apoio a esse público em bares e outros estabelecimentos. “Essas leis vêm somar e complementar leis já existentes”, explica Cristiane Dantas.

Saúde
Apesar de ser o assunto dominante, as demandas relacionadas à pandemia não foram as únicas preocupações para a saúde pública do povo potiguar. Por isso, os parlamentares ampliaram suas ações para outras áreas, à exemplo da saúde mental. O caso mais emblemático culminou na sanção da Lei Lucas Santos para prevenção do suicídio.

De autoria do deputado Kleber Rodrigues (PL), a lei faz referência ao jovem filho da cantora Walkyria Santos, morto no dia 3 de agosto, e também tem como foco combater o cyberbullying entre os jovens. “Essa lei é um importante instrumento de proteção à juventude potiguar”, observa Kleber Rodrigues.

A atenção à pessoa idosa, a criação do Registro de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) e de uma política estadual de proteção dos direitos da pessoa com Transtorno do Espectro Autista (TEA) também se tornaram leis em 2021.

Economia
A área que jamais pode parar também recebeu atenção dos parlamentares potiguares. Entre as leis sancionadas, destaque para a que regulamentou todas as etapas da cadeia produtiva da meliponicultura, que é a criação de abelhas nativas sem ferrão. “A lei cria condições para os produtores expandirem a extração desse tipo de mel, possibilitando uma renda digna para essas famílias”, afirma o propositor, deputado Souza (PSB).

Outra lei sancionada foi a que criou a Política Estadual de Sementes de Cultivares e Mudas Crioulas voltadas para a seleção, produção, conservação, armazenamento, resgate e troca de variedades locais tradicionais ou crioulas. Para a deputada Isolda Dantas (PT), autora do projeto, esse é o momento de cobrar implementação por parte do governo, mas também de celebrar a conquista.

“Essa lei tem um significado imenso para o semiárido e garantia da agrobiodiversidade, além de fortalecer as organizações da agricultura familiar no RN. Como também, a preservação por gerações, que chamamos os guardiões de sementes fortalecendo a agroecologia”, comemora a parlamentar.

A preservação e recuperação da Palmeira Carnaúba, assim como o estímulo às atividades produtivas dela derivadas, também foram contempladas em lei de autoria do deputado George Soares (PL).

Outros
Amplo e plural. É assim que podemos definir os debates promovidos dentro da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. De origens e realidades distintas, os deputados estaduais pautam discussões que atualizam as normas da sociedade, fazendo com que a legislação esteja sempre viva.

O aumento do uso da internet para as mais variadas atividades cotidianas, levou o presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira, a apresentar a lei, posteriormente sancionada, que obriga operadoras a garantirem pelo menos 80% da velocidade de internet contratada.

“Infelizmente, é prática comum no mercado que os provedores anunciem uma velocidade de conexão grande, mas, quando o serviço é contratado, constata-se que o serviço fornecido é muito inferior ao acordado e, até mesmo, ao valor mínimo estipulado pela Anatel. Em tais casos, a prestadora acaba se justificando com o fato de que o contrato trata da velocidade máxima, e não média, e assim o problema permanece sem nenhuma solução devido a ausência de penalidades objetivas, problema agora solucionado”, justifica Ezequiel Ferreira.

Outro assunto amplamente debatido no plenário da Casa e que virou lei, dispõe sobre a proibição de apreensão e remoção de motocicletas, motonetas ou ciclomotores de até 155 cilindradas em função da não identificação de pagamento do IPVA. “É possível recorrer a outras formas de cobrança do imposto, sem precisar ofender o direito à propriedade, garantido pela Constituição Federal”, explica o autor, o deputado Dr. Bernardo (MDB). A lei, porém, não impede apreensão ou recolhimento se a fiscalização identificar ocorrência de outras hipóteses previstas na legislação vigente.

LEIS ORDINÁRIAS SANCIONADAS DE 2012 A 2021

ANO N° DE LEIS
2012 83
2013 142
2014 101
2015 125
2016 116
2017 169
2018 167
2019 183
2020 183
2021 215