Presos continuam fugindo das cadeias do RN

Penitenciária de Alcaçuz, maior complexo prisional do Rio Grande do Norte (Foto: Canindé Soares/G1)
Penitenciária de Alcaçuz, maior complexo prisional do Rio Grande do Norte (Foto: Canindé Soares/G1)

No RN as fugas estão em mais evidência do que as prisões. Para um governo comprometido com a segurança está difícil dar respostas a altura do prometido. Quase todos os dias são fugas e mais fugas.

As desculpas são de que vão aumentar o efetivo dos agentes penitenciários para evitar as fugas; vai chegar verbas federais ordenadas pelo STF; e tantas outras falas que não justificam os desmandos.

Enquanto isso, o cidadão de Natal e interior do RN vão ficando assustados, com medo de trabalharem; de ir e vir, gerando uma sensação de insegurança.

Ainda ontem, presos na noite desta segunda-feira (18) da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, maior presídio do Rio Grande do Norte. A informação foi confirmada pelo diretor Ivo Freire. Três detentos foram recapturados, mas ainda não se sabem se outros detentos conseguiram escapar. No sábado, outros 13 internos fugiram por um túnel. Este ano, sem contar com a fuga desta segunda, 170 presos já escaparam de unidades prisionais do estado.

Segundo Ivo Freire, a fuga aconteceu por volta das 23h. Agentes penitenciários perceberam a movimentação. “Eles viram quando os presos tentavam fugir e avisaram aos policiais da guarda externa”, disse.