A Globo abriu as portas para promover a violência de José de Abreu

José de Abreu diz na Rede Globo, que todo homem é ladrão
José de Abreu diz na Rede Globo, que todo homem é ladrão

Além de fazer um ato desrespeitoso, o ator global chegou a dizer que todo cidadão do Brasil é ladrão, quando perguntado sobre a corrupção no governo do PT e no Brasil.

Pode ser que a Globo não apresente essa parte que foi percebido por muitos brasileiros.

Cadê a outra parte Faustão? A vítima da violência de Abreu não teve a mesma oportunidade de se defender. Isso é democrático senhores Globais?

José de Abreu falou, durante participação no “Domingão do Faustão”, sobre o episódio em que cuspiu em um casal em um restaurante japonês em São Paulo. Mesmo após a repercussão negativa que o ato teve na internet, o ator afirmou que foi a vítima. “Uma atitude que é feita por reação não deve ser levada em conta. A dele (o homem que o agrediu verbalmente) foi pensada, ele poderia ter evitado”, argumentou.

Durante os quase 30 minutos de entrevista, José de Abreu relatou sobre o episódio do restaurante, afirmando que não estava embriagado e que sua reação foi a de “um ser-humano normal” (Normal?). O ator disse que estava ao lado da esposa quando foi agredido verbalmente. “É muito fácil você petista que rouba dinheiro do povo vir comer em um restaurante japonês. Você é um ladrão filho da puta, eles disseram”, relatou o artista.

Falta Faustão convidar a outra parte para se explicar, o que certamente não irá fazer.