Acusado de matar Marielle e Anderson raramente era visto em condomínio onde mora, diz vizinho

G1  – Reservado e discreto. As palavras são usadas por um morador do condomínio de casas no número 3.100 da Avenida Lúcio Costa, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, para definir o sargento reformado da Polícia Militar Ronnie Lessa.

Lessa foi preso na terça-feira (12), suspeito de assassinar a vereadora Marielle Franco e o motorista dela, Anderson Gomes. Outro denunciado, Elcio Vieira de Queiroz, que teria conduzido o carro na noite do crime, também foi preso, além de Alexandre Mota de Souza, amigo de infância de Ronnie e morador do apartamento onde foram encontrados 117 fuzis desmontados.

O PM reformado Ronnie Lessa e buscas na casa dele: apontado como autor dos disparos — Foto: Reprodução/TV Globo
O PM reformado Ronnie Lessa e buscas na casa dele: apontado como autor dos disparos — Foto: Reprodução/TV Globo

Leave a Comment