Agreste: Presidente da Câmara de Canguaretama é o nome que mais cresce para concorrer a Prefeitura em 2020

Vereadora em seu primeiro mandato e de origem indígena, Irmã Lila é mãe e apesar dos seus 35 anos tem a responsabilidade da família com três filhos

No Agreste Potiguar, Canguaretama vive um dilema: as famílias que se revezaram no poder nos últimos anos enfrentam problemas jurídicos e estão caminhando para ficar inelegíveis para 2020. Tanto assim o ex-prefeito Wellison Ribeiro (PSD), condenado por crime de responsabilidade a quatro anos e dois meses de reclusão em regime semiaberto. A condenação ainda inclui a perda de cargo público e a inabilitação para o exercício de cargo ou função pública pelo prazo de cinco anos.

Como a prefeita Fátima Marinho (MDB), ex-esposa de Jurandir Marinho não pode mais concorrer à reeleição e até agora não tem conseguido apresentar um candidato definido em Canguaretama por enfrentar sérios desgastes políticos e administrativos, surge um nome novo: Irmã Lila, que preside a Câmara Municipal. Canguaretama é hoje o segundo maior colégio eleitoral do Agreste e tem 34.276 habitantes espalhados na cidade e em distritos do município.

No Poder Legislativo, a vereadora Irmã Lila em união com os demais colegas tem realizado ações voltadas ao bem estar do povo como atendimento Jurídico Gratuito, Emissão de Carteira de Identidade. Além de lutar para implantação de internet de acesso livre em comunidades desfavorecidas como Catu dos Eleotérios, beneficiando moradores circunvizinhos. A Câmara Municipal tem realizado audiências públicas voltadas a Saúde, Educação e Orçamento, além de projetos, emendas, requerimentos e indicações buscando e cobrando melhorias em serviços públicos.

Apesar dos seus 35 anos, Irmã Lila além da política tem também a responsabilidade de ser mãe de três filhos: Liedson, Afrânio Filho e Sara. Moradora da Comunidade do Catu e nativa da Aldeia indígena, Irmã Lila luta também pela preservação da Cultura Indígena.

Assessoria

Leave a Comment