Após revogação de censura, ministros querem análise de inquérito pelo plenário do Supremo

Resultado de imagem para Corte de STF
Foto: da Internet

Após a decisão do ministro Alexandre de Moraes de revogar a determinação dele próprio que censurou os sites “O Antagonista” e o da revista “Crusoé”, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) ouvidos pelo blog avaliam que será preciso levar ao plenário a análise do inquérito aberto para apurar fake news, ofensas e ameaças contra a Corte.

A percepção majoritária no STF é que o episódio da censura trouxe enorme desgaste ao tribunal. Ao ponto de o próprio decano, ministro Celso de Mello, ter feito uma rara manifestação em nota com duras críticas à censura. “O decano falou pelo conjunto dos ministros”, disse ao blog um integrante do STF.

Caso não houvesse o recuo, vários ministros cogitavam manifestações sobre o tema em julgamentos nas turmas, ou até mesmo em palestras, sobre o casos envolvendo a imprensa. O ministro Marco Aurélio Mello já tinha, inclusive, concedido entrevistas sobre o tema.

G1

Leave a Comment