As propostas de Moro que serão enviadas para ao Congresso

Quando foi anunciado ministro, Sergio Moro já havia defendido algumas medidas, como:

  • Proibir a progressão de regime de presos membros de organizações criminosas condenados por crimes como homicídio;
  • Punição mais rigorosa para condenados por corrupção ou peculato, que é o desvio de recursos públicos;
  • Prisão de condenados após julgamento em segunda instância, que atualmente acontece em razão de um entendimento do Supremo Tribunal Federal, mas que ainda não está previsto em lei;
  • Regulamentação de operações policiais disfarçadas;
  • “Plea bargain”: uma modalidade em que o acusado confessa o crime e opta por um acordo em vez de responder a um processo.

G1