Assembleia Legislativa apoia Fórum Nacional de Energia Eólica

unnamed (15)

Atenta ao debate de temáticas de relevância econômico-social para o Rio Grande do Norte, a Assembleia Legislativa assegurou apoio ao Fórum Nacional Eólico – Carta dos Ventos, que acontece nos dias 18 e 19 de abril na Escola de Governo, no Centro Administrativo do Estado. O evento, promovido desde 2009, reúne as principais lideranças relacionadas com a chamada “indústria dos ventos” e contará com a participação de representantes do Legislativo Estadual.

“A energia eólica é uma fonte limpa e renovável. Temos um grande potencial e precisamos cada vez mais debater alternativas que estimulem o setor”, afirma o deputado Gustavo Fernandes (PMDB), presidente da Comissão de Minas e Energia da Assembleia, que vai representar a Casa no debate.

O Rio Grande do Norte possui a maior matriz para produção de energia eólica do Brasil, sendo o primeiro Estado a superar 2 gigawatts de potência instalada. Por outro lado, a exploração de energia solar ainda é incipiente, apesar do crescimento dos investimentos no país, que superam os US$ 8 bilhões.

O uso e desenvolvimento de energias renováveis são temas constantemente abordados pelos deputados estaduais na Assembleia Legislativa, que promovem debates, participam de discussões e aprofundam o conhecimento do tema através de visitas a centros de referência na área.

Somente em 2015, a Assembleia promoveu duas audiências públicas que discutiram o uso da energia solar no Estado e alternativas para a produção energética. Além disso, tramita na Casa um Projeto de Lei que trata sobre a instituição da política estadual de incentivo ao uso de energia solar e outro que dispõe sobre a política de aproveitamento das energias solar e eólica.

Ainda no ano passado, o Legislativo Estadual instalou a Frente Parlamentar de Apoio às Produções de Energias Renováveis e promoveu o III Fórum Estadual de Energia do RN (FEERN), em parceria com o Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CERNE).

Fórum Nacional Eólico
Em sua oitava edição, o Fórum Nacional Eólico – Carta dos Ventos terá seções executivas, com reuniões fechadas pelas manhãs e plenárias com acesso gratuito no período da tarde. A coordenação técnica e a grade temática do evento estão a cargo do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CERNE).

“O retorno do evento a Natal é o resultado de uma união de esforços por parte de todos os que querem uma indústria eólica ainda mais desenvolvida e geradora de emprego e renda para o RN”, explica o diretor-presidente do Centro, Jean-Paul Prates.

Outras informações sobre a programação, dinâmica do evento, inscrições e participações estão disponíveis no site: www.cartadosventos.com