Assembleia Legislativa discute violência política

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte terá discussão sobre a violência política no Brasil. Por proposição do deputado Sandro Pimentel (PSOL), o Poder Legislativo vai reunir autoridades no tema em audiência pública na quarta-feira (13), as 14h, no auditório Cortez Pereira, no Palácio José Augusto.

Com o tema “De Marielle a João Maria, a escala da Violência Política no Brasil”, a audiência pública tem como objetivo tratar acerca de casos recentes de crimes cometidos por motivação político-ideológica e também contra membros da área de Segurança Pública, usando como exemplos a morte da vereadora carioca Marielle Franco, no Rio de Janeiro, e do policial militar João Maria Figueiredo, em Natal.

“Diante de um cenário que tenta vilanizar a luta em defesa das minorias e da dignidade humana, precisamos lembrar quem dedicou a vida na luta por igualdade e justiça. A morte de Marielle não é mais ou menos importante do que a de qualquer cidadão, mas quando o estado brasileiro não consegue garantir a segurança de um representante eleito pelo povo, e que lutava contra injustiças sociais, toda a sociedade está em perigo. Igualmente importante lembrar a morte de João Maria Figueiredo, pois temos a polícia que mais morre em serviço no mundo, sendo urgente a resolução desse crime brutal”, disse Sandro Pimentel.

No encontro, estão confirmadas as participações de representantes de movimentos sociais, de partidos políticos e de órgãos ligados à Segurança Pública. A audiência será aberta ao público e terá transmissão ao vivo pela TV Assembleia e pelo portal da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (www.al.rn.gov.br).

Leave a Comment