Author: Foto Repórter

Parlamentares chamam atenção para o Dia do Orgulho LGBTQIA+ e recuperação de estradas

No horário destinado às lideranças partidárias, na sessão desta terça-feira (28), o deputado estadual Nelter Queiroz (PSDB) criticou a governadora Fátima Bezerra (PT), que reuniu prefeitos e deputados nesta segunda-feira (27), no Centro Administrativo, para autorizar a restauração de trechos de estradas do Rio Grande do Norte. O parlamentar criticou o fato do Governo recuperar somente trechos de estradas que estão, segundo o deputado, ‘totalmente intransitáveis’.
“O povo está fazendo o julgamento de sua gestão”, disse Nelter em relação à gestão da governadora. O parlamentar ainda criticou gastos do governo em outras áreas da gestão. Depois do discurso de Nelter Queiroz a deputada Isolda Dantas (PT) destacou o 28 de Junho como Dia do Orgulho LGBTQIA+, e citou nomes de pessoas assassinadas por causa de sua sexualidade.
“Esse é um dia muito importante para essa população”, disse Isolda, reforçando que os índices de violência têm aumentado, e que o papel da Assembleia Legislativa é combater esse tipo de violência. “Temos obrigação de punir quem comete esse tipo de crime”, afirmou a deputada, no horário da sessão que estava sendo presidida pelo deputado Michael Diniz, do Solidariedade.
“LGBTfobia é crime e quem comete esse crime carece de tratamento”, afirmou Isolda. “Essa Casa aqui tem parlamentar que tem orgulho de defender essa pauta”, disse a deputada, lembrando que seu mandato representou junto à Mesa Diretora da Assembleia, pedindo que encaminhe para apreciação da Comissão de Comissão
e Justiça, pedido de punição ao deputado que se mostrou homofóbico. “Essa Casa tem regras e nossa imunidade parlamentar não é ilimitada, e nessa Casa quem ousar cometer esse tipo de crime, não ficará impune”, disse a deputada.
O deputado Hermano Morais (PV) se solidarizou com o discurso da deputada Isolda Dantas e disse concordar com suas palavras em defesa da população LGBTQIA+. O parlamentar comentou sobre o programa de restauração de estradas anunciado nesta segunda-feira (27) pela governadora Fátima Bezerra. “O Governo está debruçado sobre um plano de recuperação de outras rodovias também”, reforçou Hermano, que esteve no Centro Administrativo acompanhando uma comitiva do município de Guamaré.
O deputado citou parcerias que a Prefeitura de Guamaré manteve com a Petrobras para recuperação de estradas, mas somente o município fez a sua parte. “Finalmente essa obra foi autorizada”, disse Hermano, ressaltando que o resultado será benéfico para o setor do turismo e para garantia de empregos. O deputado Francisco do PT encerrou o horário de lideranças ressaltando o discurso da deputada Isolda Dantas. “O pronunciamento da deputada Isolda merece de nossa parte toda solidariedade e se houver algum mecanismo de natureza regimental, eu gostaria de subscreve”, afirmou Francisco.
“Homofobia é crime”, reforçou o deputado, lembrando que todo mundo que chegas ao plenário da Casa como deputado, jura respeitar o regimento. “Não entendo como se faz um juramento de cumprir as leis e vem aqui atacar a Constituição. Quem está aqui deveria ter vindo sabendo disso”, afirmou Francisco.
O deputado comentou ainda em seu pronunciamento as ações anunciadas pela governadora Fátima Bezerra nesta segunda-feira. “Ações que estão incomodando muita gente”, disse o deputado, lembrando que a governadora encontrou um estado “destruído”, e que na questão das estradas, o último plano de recuperação foi feito nos governos Wilma de Faria e Iberê Ferreira. Francisco criticou também a situação de rodovias federais. “Cadê a força dos deputados bolsonaristas que nem assumem uma rodovia é deles?”, encerrou Francisco, identificando como “seletiva” a indignação de alguns colegas de plenário com o governo Fátima Bezerra.

Assembleia Legislativa emite nota de pesar pela morte de Nelson Queiroz

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte – em nome do presidente Ezequiel Ferreira e dos 23 deputados estaduais – lamenta o falecimento do ex-deputado Nelson Queiroz. Pai do deputado Nelter Queiroz, Nelson tinha 93 anos e teve uma vida marcada pelo trabalho como prefeito de Jucurutu, promotor de Justiça e também deputado estadual. 

Como parlamentar, Nelson ganhou destaque na trajetória política como relator da Constituinte de 1989. Trabalho elogiado por todos os constituintes com os adjetivos de zeloso, disciplinado e firme em seus posicionamentos.

Nelson também é avô do prefeito de Jucurutu, Iogo Queiroz e do diretor-geral da Fundação Djalma Marinho, vinculada à ALRN, Julinho Queiroz. 

Descanse em paz! 

Palácio José Augusto
Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte

Governo do RN conclui pagamento dos salários de junho e adianta parcela do 13º para grupo de servidores nesta quinta (30)

Governo conclui pagamento dos salários de junho e adianta parcela do 13º para grupo de servidores nesta quinta (30) — Foto: Sandro Menezes/Assecom Governo do RN/Divulgação
Governo conclui pagamento dos salários de junho e adianta parcela do 13º para grupo de servidores nesta quinta (30) — Foto: Sandro Menezes/Assecom Governo do RN/Divulgação

O governo do Rio Grande do Norte conclui nesta quinta-feira (30) o pagamento da segunda e última parcela dos salários do mês de junho para ativos, inativos e pensionistas. Mais da metade dos servidores do estado já receberam o salário integral de forma antecipada no último dia 15 ou 30% adiantado para quem recebe acima de R$ 4 mil.

Quem ganha acima de R$ 4 mil vai receber nesta quinta-feira os 70% restantes, e também será pago o salário integral das pastas com recursos próprios.

O governo ainda anunciou que será paga uma parcela de 40% do décimo terceiro aos servidores ativos da Educação e de pastas com recursos próprios (Idema, Detran, Ipern e Arsep).

A data para o pagamento dos inativos e pensionistas, assim como da segunda parcela para os ativos, e ainda o adiantamento para outras categorias da gestão estadual será divulgada em breve.

G1RN

Preço da gasolina diminui em postos de Natal e volta a ficar abaixo de R$ 7,50

Preço da gasolina baixou em Natal e na Grande Natal — Foto: Julianne Barreto/Inter TV Cabugi
Preço da gasolina baixou em Natal e na Grande Natal — Foto: Julianne Barreto/Inter TV Cabugi

O preço da gasolina baixou em alguns postos de combustíveis de Natal e da Região Metropolitana nesta semana. Em muitos deles, o valor está abaixo de R$ 7,50.

A queda no preço foi sentida e comemorada por motoristas, já que há uma semana esse valor estava chegando a até R$ 8,20 diante do aumento de 5% anunciado pela Petrobras.

O motivo da queda, segundo o Sindicato dos Postos de Combustíveis do RN (SindiPostos RN) foi uma lei sancionada pelo governo federal que zera alguns impostos sobre combustíveis até o fim do ano.

“Essa redução que temos percebido nos postos de combusítvel do estado é em função da aplicação da lei que determina a redução da carga tributária dos impostos federais”, explicou o presidente do Sindipostos, Maxwell Flor, à Inter TV Cabugi.

“A gente já observou em média um repasse de mais de R$ 0,70 de redução dos preços”.

De acordo com o Maxwell Flor, houve uma queda no consumo da gasolina nos postos de combustíveis após o último aumento registrado.

“A cada reajuste desse, a procura vem reduzindo cada vez mais. Desde o último reajuste, a gente quase não fez renovação de estoque, porque o que a gente tinha no estoque na última semana praticamente ficou parado nos tanques”, disse.

“Eu acredito que em função do tempo parado, a queda de consumo que teve na última semana, a baixa do preço, o consumidor volte a abastecer normalmente. A gente fica na expectativa”.https://453cec74247366b1371d59dd045b2286.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

A lei federal é a mesma que limita o ICMS (principal imposto de arrecadação dos estados) da gasolina a 18% nas unidades federativas do Brasil. Atualmente, a alíquota no ICMS no RN é de 29%, sendo 2% referente ao Fundo de Combate à Pobreza.

A Secretaria de Tributação do RN informou que espera a análise dos vetos do presidente sobre as compensações para os estados e uma reunião dos secretários de fazenda, que acontece nesta semana, para tomar medidas referentes à lei.

Motoristas comemoram

O microempresário Elias Lucas não iria abastecer o carro nesta quarta-feira (29), mas decidiu após perceber a redução no preço.

“Antes era R$ 7,89 e hoje está R$ 7,47. Diminuição grande. Não é centavos que a gente perde, são quilômetros. Eu estou abastecendo até um pouco mais, pela questão do preço do combustível estar um pouco mais acessível”, disse.

De acordo com a última pesquisa preços de combustíveis realizada pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), de 19 a 25 de junho, Natal tinha um preço médio no litro da gasolina em R$ 7,96.

O economista Robespierre do Ó explica que ainda é necessário esperar para saber se o preço não vai seguir variando.

“Tudo vai depender de como vai se comportar os preços externos. O Brasil hoje consome 30% de combustível e derivados vindos de fora. Essa diferença é que vai depender de como vai se comportar lá fora”, explica.

“Hoje o Ocidente está passando por um momento de férias, então aumenta o consumo de combustível. Se aumenta o consumo, a tendência lá porde ser de aumentar preço. Mas tudo depende também de como vai ficar a questão da guerra. Então tem vários fatores que a gente não controla, que vão impactar no preço do combustível no futuro. Então pode ser que leve mais algum tempo ou não as consequências desse preço”.

G1RN

Câmara Municipal de Natal aprova reforma da previdência com nova idade mínima para aposentadoria

Vereadores aprovaram reforma em regime de urgência — Foto: Verônica Macedo/Câmara Municipal de Natal
Vereadores aprovaram reforma em regime de urgência — Foto: Verônica Macedo/Câmara Municipal de Natal

Os vereadores de Natal aprovaram, nesta quarta-feira (29), a reforma da previdência dos servidores do serviço público municipal. O texto recebeu 12 emendas parlamentares, entre elas a que reduz em um ano a idade mínima para aposentadoria em relação à proposta encaminhada pelo Executivo no último dia 14.

De acordo com o texto aprovado, a nova idade mínima foi fixada em 57 anos (mulheres) e 62 anos (homens), dois anos a mais do que é praticado atualmente. Além disso, os servidores precisam ter um tempo mínimo de 15 anos de exercício no serviço público e período mínimo de contribuição previdenciária de 30 anos (mulher) e 35 anos (homens).

Das 12 emendas acrescidas, três foram aprovadas em plenário e nove adicionadas após reunião da Comissões de Justiça, Finanças e Saúde da Câmara.

O líder da bancada governista, Aldo Clemente (PSDB), falou sobre a importância do projeto ter sido aprovado. “A gente precisava votar essa matéria para não perder investimentos necessários para o desenvolvimento da nossa cidade”.

Júlia Arruda (PCdoB), da bancada da oposição, voltou a destacar o tempo curto que o Legislativo teve para discutir a matéria. “Trata-se de um projeto que vai impactar mais de 20 mil servidores e não poderia ser votado em regime de urgência”, pontuou.

O projeto foi encaminhado à Câmara pelo Executivo no último dia 14 de junho e tinha até esta quinta-feira (30) para ser discutido, de acordo com prazo estipulado pelo Governo Federal.

Refinanciamento

Ao longo da votação, foram votados textos que abordam o parcelamento e o reparcelamento dos débitos previdenciários dos órgãos da administração direta e indireta do Poder Executivo.

Após discussão, o Executivo foi autorizado a renegociar as dívidas do Instituto de Previdência Social dos Servidores Públicos do Município de Natal (Natalprev) no prazo de 240 meses (20 anos).

De acordo com a vereadora Nina Souza (PDT), que presidiu a sessão, as dívidas previdenciárias superam os R$ 300 milhões.

G1RN

Confiança do empresário natalense do comércio volta a subir

Foto: Reprodução

Após quatro meses seguidos de queda, o Índice Confiança do Empresário do Comércio (Icec) de Natal voltou a apresentar crescimento em junho com 119,8 pontos, quando comparado com maio, mês em que havia ficado com 119,7 pontos. A variação positiva foi de 0,08%.

Na comparação de junho deste ano com o mesmo mês do ano passado, o índice alcançado foi de 108,5 pontos em Natal, representando um aumento de 10,41%. Foi a sétima alta consecutiva nesta base de comparação.

Nas empresas com mais de 50 colaboradores, houve crescimento na confiança, com o Icec atingindo 130,9 pontos, contra 124,8 pontos registrados em maio. Nas empresas com até 50 colaboradores, o Icec de junho apresentou queda de 0,08% entre maio e o referido mês, saindo de 119,7 para 119,6 pontos.

Brasil

O Icec de junho (122,4 pontos) cresceu 5,1% em relação a maio (120,2 pontos), e 24,4% em relação a junho do ano passado, quando o índice registrado foi de 98,4 pontos, o maior desde março de 2020, que atingiu 128,4 pontos.

O Índice de Confiança do Empresário é medido mensalmente pela Confederação Nacional do Comércio (CNC) e os dados foram divulgados na terça-feira, 28 de junho, com análise do Instituto Fecomércio RN.

BG

Otan formaliza convite para Finlândia e Suécia integrarem aliança militar

Finlândia e suécia na Otan (1)
Secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg; presidente turco, Tayyip Erdogan; presidente da Finlândia, Sauli Niinisto; e premiê sueca, Magdalena Andersso / REUTERS/Violeta Santos Moura

Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) formalizou nesta quarta-feira, 29, o convite a Finlândia e Suécia para aderirem ao bloco. O anúncio vei em um momento em que membros da aliança estão reunidos na cúpula de Madri e a qual representantes dos dois países participam como convidados. Essa decisão histórica vem um dia após o aval da Turquia, concedido na terça-feira, para que os escandinavos possam fazer parte da aliança militar. Após a aprovação dos turcos, o secretário-geral Jens Stoltenberg já tinha informado que faria um convite formal aos escandinavos. “Tenho o prazer de anunciar que agora temos um acordo que abre caminho para a Finlândia e Suécia aderirem à Otan”, disse.

Com o avanço, o ocidente fica ainda mais próximo da fronteira com a Rússia, já que a Finlândia, e seus 1.300 km de fronteira terrestre com a Rússia, faz com que a Otan mais do que dobre seus limites territoriais com este país. Desta maneira, a Rússia terá fronteira com seis integrantes da Aliança: Finlândia, Estônia, Letônia, Lituânia e Polônia – os dois últimos pelo enclave de Kaliningrado – e Noruega. Essa proximidade com o ocidente e expansão da Otan era exatamente o que o país de Vladimir Putin não queria, e foi esse o argumento que ele utilizou para invadir a Ucrânia no dia 24 de fevereiro. A escalada na guerra no Leste Europeu, fez com que Finlândia e Suécia, acabassem com décadas de neutralidade como forma de proteger de possíveis ataques russos, país a qual a Otan considera como “ameaça direta para a segurança”, segundo Stoltenberg.

países da otan

Jovem Pan

Nelter Queiroz volta a cobrar conclusão da “Estrada da Produção”

O deputado Nelter Queiroz (PSDB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa para cobrar, mais uma vez, do Governo do Estado, a conclusão da obra de recuperação e asfalto da RN-087 (Estrada da Produção), que liga Cerro Corá a Lagoa Nova, na região Seridó. De acordo com o deputado, uma audiência pública foi realizada para discutir o assunto.

“Esse é um sonho do povo da Serra de Santana. Um trecho já foi concluído, mas falta o restante. Nos somamos a essa luta e não mediremos esforços para que essa obra seja concluída”, frisou.

Nelter destacou a participação da maioria dos vereadores de Lagoa Nova e dos municípios vizinhos. “A área atendida pela rodovia tem destacada produção de mandioca e frutas como maracujá, graviola, caju e pinha, e criação de gado bovino, ovino, caprino e suíno e possui população de 27 mil habitantes. Daí a importância da conclusão dessa obra”, ressaltou Nelter.

Recuperação de estradas, Religião e diversidade sexual pautam horário dos deputados

Durante a Sessão Ordinária desta terça-feira (28), no horário dos deputados, foram levantados temas, como Religião, Política, Saúde, diversidade sexual e recuperação de estradas. 

Primeiro a discursar, Michael Diniz (SDD) falou sobre visita à CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Parnamirim, trazendo algumas demandas da categoria.

“Ontem eu tive o prazer de conhecer o presidente da CDL Parnamirim, Bira, e ele pediu para que tentássemos desenvolver uma obra que interligasse os dois centros de Parnamirim. A cidade está ficando muito dividida, e isso está dificultando a ligação entre os comércios, as pessoas etc”, detalhou.

Em seguida, o parlamentar respondeu à fala anterior da deputada Isolda Dantas (PT), relacionada às suas opiniões sobre diversidade sexual e de gênero.

“Ao tomar posse na Casa, falei que era católico tradicionalista. Eu tenho minha fé em primeiro lugar, por mais que dê minhas titubeadas, mas sou firme no que digo. Eu disse que sou de Direita, que meu pai me estimulou a trabalhar com 12 anos, que tenho negócios e investimentos, que defendo a liberdade, que sou trabalhador. E deve ser por isso que a deputada tem tanta aversão a mim”, disse.

Sobre a governadora Fátima Bezerra (PT), o deputado afirmou que “ela não faz nada, só mente, conta balelas e enche linguiça”.

Concluindo sua fala, Michael Diniz ressaltou que se o seu posicionamento fez com que a deputada Isolda se revoltasse tanto, para ele foi um prazer imenso.

“Eu vou continuar defendendo meus ideais. Sou convicto das minhas posições, defendo até a morte e não abro nem para um trem”, frisou.

Em seguida, Vivaldo Costa (PV) enalteceu a autorização, por parte do Governo do Estado, das obras de recuperação asfáltica passando pelo município de Ouro Branco.

“Ontem eu recebi um telefonema do ex-prefeito de Ouro Branco, Dr. Araújo, que vinha para uma solenidade com a governadora, juntamente com o atual prefeito, Samuel Souto. Eles estavam muito felizes, porque ela iria autorizar o início das obras da estrada de Ouro Branco à divisa com a Paraíba, além de outro trecho saindo de Ouro Branco até Jardim do Seridó”, iniciou.

De acordo com Vivaldo, ele não entende por que o deputado Nelter Queiroz está sendo contrário à obra. 

“Esse investimento foi defendido por todos os deputados do Seridó, inclusive ele mesmo. Aí, quando a governadora autoriza a restauração, ele injuria a governadora, levanta suspeitas sobre sua palavra e deixa todos atônitos. Ora ele reclama que ela não faz as estradas; ora ele reclama porque ela está fazendo”, recriminou. 

Para o parlamentar, “a governadora conseguiu com muita competência R$ 52 milhões para restaurar nossas estradas. Não vai dar para atender todo mundo, mas resta a esperança de que o ex-presidente Lula voltará ao poder no próximo ano, pelo voto popular. As pesquisas também mostram que Fátima renovará seu mandato, e isso não agrada ao deputado Nelter Queiroz”, finalizou.

Na sequência, Eudiane Macedo (PV) falou sobre a importância de se respeitar a diversidade sexual e as questões de gênero, destacando o perigo de se proferir palavras de ódio em ambientes públicos.

“Uma das coisas que mais me entristecem no nosso País é quando pessoas altamente vulneráveis são atacadas, com ódio, por alguém que ocupa um espaço público e pode ser porta-voz de tantas outras pessoas. A palavra tem um poder muito forte, e dependendo da forma como é usada ela mata. Você não precisa estar com faca, com revólver, com um pau ou com um ferro para matar o outro. Às vezes a palavra, da forma como é dita por um deputado, pode levar alguém ao suicídio”, alertou.

Eudiane acrescentou que tem muitas amigas e amigos LGBTQIA+ e fica muito triste com situações assim. 

“Eu não estive aqui na sessão passada, por isso eu não tinha falado antes. Quando eu assisti ao vídeo, tive vontade de chorar. Eu acho que o deputado Michael Diniz desconhece que LGBTfobia é crime inafiançável, de três anos de prisão. E é tão triste a gente ouvir um jovem de 28 anos falando de religião e moral, dizendo que é cristão e agindo dessa forma. Para mim, o cristão prega o amor; não o ódio, a intolerância e a falta de respeito”, repudiou. 

Segundo a parlamentar, mesmo sem estar no direito de fala, por ter muitos amigos, ela já ouviu relatos de pessoas que abandonaram as salas de aula por causa de bullying e foram renegados em seleções de emprego, “mesmo tendo muita competência, só por ser travesti”.

Finalizando seu discurso, a deputada destacou que “é por tudo isso que foi aprovado no Legislativo o “Projeto Trans Cidadania”, de sua iniciativa e relatoria da deputada Isolda. 

“Nós vamos trabalhar três eixos: Educação, Saúde e mercado de trabalho. Nenhum travesti vai fazer programa porque quer. Muito pelo contrário. Eles fazem isso porque lhes falta oportunidade. E somos nós, como representantes do povo, que devemos criar políticas públicas, para que essas pessoas realmente possam ter o que é delas, de fato e de direito. Aqui, ninguém é melhor do que ninguém. Todos nós somos iguais. E eu, como cristã, defendo o amor, o respeito, a igualdade e a solidariedade. Não se deve misturar Moral, Direita e Religião. O cristão verdadeiro defende o amor e o respeito, e que as pessoas possam viver da forma como amam, respeitando uns aos outros”, concluiu Eudiane.

Em seguida, Nelter Queiroz (PSDB) voltou a criticar a atual gestão do Governo do Estado, ressaltando que alguns deputados não prestaram atenção à sua fala.

“Eu falei que Fátima Bezerra está no governo desde 2019, e hoje, na metade de 2022, faltando seis meses para terminar sua gestão, ela ainda não fez nada. Ela prometeu recuperar as estradas, disse que iríamos ter a Saúde melhorada e que faria uma grande revolução. Mas ela esqueceu o povo do RN. Só está lembrando agora, nos últimos meses. Portanto, deputado Vivaldo, eu não sou contra a recuperação das estradas; eu só disse que fazer obra somente nos últimos meses de mandato não é certo”, destacou. 

Por fim, Ubaldo Fernandes (PSDB) elogiou a gestão da governadora Fátima Bezerra no comando do Estado.

“É muito importante uma casa plural, com várias tendências ideológicas. Então, eu quero contrapor o pronunciamento de Nelter Queiroz. A professora Fátima pegou uma situação muito atípica. Nenhum governo anterior pegou o Estado dessa forma, com quatro folhas de pagamento em atraso, com fornecedores atrasados, com quase 1 bilhão de reais em dívidas. E ainda teve a pandemia. Por isso não dava para investir em muita coisa”, frisou.

Segundo Ubaldo, agora é que o governo começa a ter uma recuperação fiscal e por isso os investimentos estão sendo feitos. 

“É claro que gostaríamos que fossem recuperados 100% das estradas, mas no momento não é possível. Só que já é um avanço. Com certeza quando a governadora puder ela fará”. O meu entendimento é que o governo acertou no investimento em Ouro Branco. É claro que a oposição está no papel dela de criticar, por ser período de eleição. Mas Fátima está fazendo tudo que pode”, finalizou.

Vale do Açu: vereadora Delkiza Cavalcante vai representar Assú e região na chapa de deputadafederal pelo PSDB

Mulher, ela mostra alternativas e lembra que mais de 90% do eleitorado não tem ainda nome para a Câmara dos Deputados  

Já que os níveis de desigualdade entre homens e mulheres nas esferas social, econômica e política são alarmantes, com altos índices de violência contra a mulher, precarização do trabalho feminino e sub-representação das mulheres na política, a vereadora Delkiza Cavalcante ingressou no PSDB e vai colocar seu nome a disposição da região do Vale do Açu, como deputada federal. Ela fará dobradinha em Assú e região com o deputado estadual Gustavo Carvalho (PSDB).

“Estou no segundo mandato de vereadora em Assú. Criamos a Frente Parlamentar em Defesa da Mulher. Vamos cobrar um orçamento para ampliar a rede de proteção para a mulher vítima de violência. No Brasil, com 5.700 municípios, nós só temos 381 delegacias especializadas para mulheres. Num país com tantos municípios, nós só temos 139 varas judiciais especializadas da mulher. A grande maioria dos estados só tem uma casa abrigo para atender todas as denúncias que chegam”, argumentou a pré-candidata a deputada federal pelo PSDB.

Delkiza Cavalcante, além de vereadora na cidade de Assú, é historiadora pela Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN) e especialista em Gestão Pública pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). “No ranking da União Interparlamentar sobre a participação das mulheres na política em 190 países, o Brasil ocupa a posição 145, ficando atrás de quase todos os países da América Latina. No Rio Grande do Norte, as mulheres são maioria no eleitorado de mais de 2 milhões e meio, em todos os 167 municípios do Estado”, frisa a representante do Vale do Açu.

Nos quatro primeiros meses de 2022, o Rio Grande do Norte ganhou 17.374 novos eleitores de 16 e 17 anos. Até abril deste ano, o Estado contabilizou 31.947 jovens nessa faixa etária aptos a votar nas Eleições de 2022. “Quem vai contribuir com o primeiro voto precisa ter acesso às informações e saber escolher seu representante. Vamos fazer história em 2022 e colocar mais mulheres representando o nosso Estado no Congresso Nacional. As pesquisas registradas apontam que mais de 90% do eleitorado que não sabe ou vota em nenhum para deputado federal, como mostrou a Consult, na Tv Ponta Negra”, diz Delkiza Cavalcante.

Ex-paraquedista do Exército é morto com tiro na cabeça dentro de trem no Rio de Janeiro

Homem de costas com blusa da Policiai Civil do Rio de Janeiro
Polícia investiga o crime e tenta identificar o criminoso por meio das imagens de câmeras de seguranças disponíveis / Divulgação/Polícia Civil

Um ex-militar do Exército Brasileiro foi executado a tiros dentro de um trem lotado na última segunda-feira, 27, no Rio de Janeiro. O caso ocorreu em Deodoro, bairro da zona oeste capital fluminense. De acordo com testemunhas, um homem armado disparou contra a cabeça de Jairo Jonathan, de 24 anos. Ele morreu na hora. Apesar de ser ex-paraquedista do Exército, a vítima trabalhava como garçom no estádio do Maracanã. O criminoso conseguiu fugir, mas, ao que tudo indica foi um crime planejado. Ainda segundo as testemunhas, antes de disparar contra Jairo, o criminoso tampou com fita adesiva as câmeras de segurança do local. A polícia do Rio está analisando imagens disponíveis de outras câmeras da estação de trem de Deodoro, para tentar identificar o assassino. A polícia também investiga se Jairo possuía alguma desavença ou se teria se envolvido em alguma briga recentemente. O caso está sob a responsabilidade da Divisão de Homicídios da capital fluminense.

Jovem Pan

Presidente da ALRN participa ao lado do prefeito Flávio dos festejos juninos de Nova Cruz

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) prestigiou a festa do “São João e São Pedro de Todos!”, atendendo convite do prefeito Flávio de Berói (MDB), em Nova Cruz, na noite desta segunda-feira (27).

“Nosso mandato também contribui com a gestão do prefeito Flávio de Berói. Aqui destinamos emendas para recursos de pavimentação e drenagens de ruas, recuperação asfáltico de outras, além de máquinas para atender obras na cidade e na Zona Rural. Atendendo requerimentos encaminhados na Assembleia Legislativa também foram perfurados e instalados poços em comunidades rurais”, afirmou em entrevista o deputado Ezequiel Ferreira. 

Antes de prestigiar o evento junino na praça pública de Nova Cruz, Ezequiel conversou com o presidente da Câmara Municipal, Gelson Vitor (MDB) e vereadores do município, que sugeriram ações e demandas em diversas áreas. “São ações nas áreas de saúde, recursos hídricos e benefícios aos agricultores familiares, que residem e ganham seu pão de cada dia em diversas comunidades rurais do Agreste”, frisa Ezequiel Ferreira.

Como parceiro, o prefeito Flávio de Berói reconheceu o trabalho de Ezequiel. “Nova Cruz acompanha a luta e trabalho que o deputado Ezequiel desempenha há anos. Sempre encaminhou recursos e tem serviços prestados ao município. Aqui destinou pavimentação e drenagens de ruas, viabilizou pavimentação asfáltica e na Covid-19 também destinou a doação de 7 mil litros de álcool 70% e 2 mil máscaras cirúrgicas que foram utilizadas nas ações de combate ao Coronavírus e direcionadas à segurança dos profissionais de saúde do Hospital Municipal Monsenhor Pedro Moura. Também para o Centro de Referência em Síndromes Respiratórias e para as 15 Unidades Básicas de Saúde (UBS) e mais os anexos, beneficiando cerca de 40 mil habitantes da cidade, além de pacientes vindos da região”, afirmou o prefeito. 

O deputado federal Walter Alves (MDB) e o ex-senador Garibaldi Filho (MDB) também acompanharam o evento, que marca os festejos juninos da capital do Agreste Potiguar.

Rafael Motta acredita em reviravolta na chapa de Fátima e ainda espera apoio do PT para senador: “Muita coisa ainda pode acontecer”

Foto: reprodução

O deputado federal Rafael Motta, pré-candidato do PSB ao Senado, ainda espera receber o apoio do PT na disputa eleitoral. Em entrevista ao Jornal de Fato publicada neste fim de semana, o deputado disse que a decisão do PT de apoiar Carlos Eduardo Alves (PDT) para senador ocorreu de maneira “atabalhoada” e que ainda pode sofrer mudanças.

A posição aprovada no encontro tático do PT foi antes da decisão do TSE, baseada no entendimento anterior que era a possibilidade de alianças no campo majoritário. Agora, temos um fato novo. Eu imagino que vai haver uma apreciação, o próprio PT falou que vai se debruçar sobre a decisão do TSE para se pronunciar sobre o assunto. Então, muita coisa ainda pode acontecer”, afirmou o deputado.

Na semana passada, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu que partidos não podem ter coligações diferentes para Governo do Estado e Senado. Com isso, o PT terá de decidir se terá PDT ou PSB no palanque da governadora Fátima Bezerra (PT), já que os dois partidos têm pré-candidaturas diferentes ao Senado. Rafael diz que a pré-candidatura segue mantida mesmo após a decisão do TSE.

“Eu acho que a aliança com Carlos Eduardo foi feita de uma forma atabalhoada, com certa pressa, com certa urgência, que não era necessária, inclusive, tenho certeza que não é uma vontade majoritária do PT. A militância do PT não se sente confortável com o que foi feito. A gente respeita, obviamente, mas acreditamos que ainda é possível mudar o que foi encaminhado no encontro do PT, principalmente agora com o fato novo que é a decisão do TSE. E, mais uma vez, volto a dizer que acredito ser possível replicar no Estado a aliança nacional do PT com PSB”, enfatizou Rafael.

Rafael Motta acrescenta que o PSB pode ter um peso significativo para a chapa da governadora Fátima Bezerra. “O PSB tem uma aliança nacional com o PT, com a indicação de Geraldo Alckmin para vice de Lula. Essa aliança pode ser replicada no Rio Grande do Norte. É importante que a gente abranja realmente o arco de aliança, fortalece o projeto de mudar o Brasil. O PSB tem um papel muito importante, o nosso partido, inclusive, soma com questão como o tempo de propaganda no rádio e na televisão, e tudo isso deve ser levado em consideração. O nosso apoio à reeleição da governadora Fátima é incondicional, estamos inseridos nesse projeto, então, a nossa pré-candidatura a senador faz parte desse contexto, dentro da aliança nacional do PT e PSB”, destaca.

Ao Jornal de Fato, o deputado comparou Carlos Eduardo a Rogério Marinho (PL) e disse que os dois têm como característica serem adversários do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no plano nacional.

As duas candidaturas tradicionais têm características bem clara. Um representa o bolsonarismo. Quando ele (Rogério Marinho) foi nomeado ministro, já pisou como pré-candidato a senador. Ele trabalhou essa candidatura desde o primeiro momento. É claro que é importante trazer recursos para o nosso estado, mas o ideal é que não seja feito de um tom eleitoreiro como ele fez. Já o outro (Carlos Eduardo) muda de lado conforme a conveniência. Ele estava em Fortaleza (CE) com Ciro Gomes (presidenciável do PDT), onde disse que o palanque de Ciro está garantido no RN através da sua de sua pré-candidatura ao Senado. Eu acho que só quem vence o bolsonarismo é quem nunca foi bolsonarista e quem nunca se rendeu a ele. Desde 2018, quem vem fazendo o enfrentamento ao bolsonarismo em Brasília somos nós como deputado federal. Portanto, do meu ponto de vista, a nossa pré-candidatura não ajuda ao candidato de Bolsonaro no RN; a nossa candidatura atrapalha, realmente, àqueles que prejudicam o trabalhador brasileiro. Acredito que a população quer uma representação coerente, uma representação em defesa dos trabalhadores, e isso o eleitor não encontra em Carlos Eduardo, que é do PDT adversário de Lula, nem em Rogério Marinho, que é o representante do bolsonarismo no estado”, afirma Rafael.

98 FM Natal com informações do Jornal De Fato / BG

Ezequiel requer ações em abastecimento, saúde e infraestrutura para região do Mato Grande

O presidente da Assembleia Legislativa do RN, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), solicitou ao Governo do RN, por meio de uma série de requerimentos, a realização de ações que visam suprir necessidades da população de Jandaíra, no interior do Estado, nas áreas de abastecimento, saúde e infraestrutura.

Uma das solicitações do parlamentar foi a perfuração e instalação de poços no município. De acordo com o documento, a intenção é prevenir os problemas que poderão surgir caso o colapso no abastecimento d’água da cidade continue sob ameaça.

Outra solicitação de Ezequiel para a população do município é a disponibilidade de uma ambulância. A demanda se justifica pelo fato de a cidade não possuir unidades de ambulâncias suficientes para atender à população, a qual é estimada em 6.907 habitantes, segundo dados de 2021 do IBGE.

O parlamentar requereu ainda o aumento do efetivo policial para o município, bem como a execução do saneamento básico e a pavimentação das ruas da cidade.

Evangélico, vereador Gideon Ismaias vai representar Mossoró e região na chapa PSDB/Cidadania para deputado federal

Há 37 anos, vereador de Mossoró dedica sua vida na Igreja Assembleia de Deus

Vereador em seu primeiro mandato em Mossoró, segundo maior colégio eleitoral do Rio Grande do Norte com 165.800 votos, Gideon Ismaias há 37 anos dedica sua vida à Igreja Assembleia de Deus. Atuou como líder dos jovens, foi dirigente de congregação, e, hoje, exerce a função de Co-Pastor na cidade e faz parte do Ministério da Sede da Igreja Assembleia de Deus em Mossoró e região.

“Estou pronto para representar Mossoró e a região Oeste na Câmara dos Deputados. Tenho apoio do Cidadania que fará federação com o PSDB e também estamos fazendo dobradinha com o deputado Gustavo Carvalho. Sou pré-candidato a deputado federal para colocar um nome que sai do povo como opção de um trabalho sério e dedicado as famílias”, afirmou Gideon Ismaias.

Na Câmara Municipal de Mossoró, Gideon tem destinado recursos a diferentes áreas, como por exemplo para tratamento na assistência às pessoas com autismo e outras necessidades especiais. Emendas também para o setor da agricultura familiar e economia solidária de Mossoró. “Algumas feiras itinerantes são realizadas na cidade e as emendas visam destinar recursos para construir um mercado na Feira do Bode que possa atender todas as famílias do setor”, reforça o pré-candidato a deputado federal.

De acordo com as últimas pesquisas registradas no Rio Grande do Norte, quase 90% do eleitorado potiguar tem declarado que ainda não sabe em quem votar para deputado federal. Por exemplo, a pesquisa Seta entrevistou 1.500 pessoas entre os dias 17 e 19 de junho. Com margem de erro é 2,7%, com nível de confiança de 95%. Os registros na Justiça Eleitoral são o BR-00279/2022 e RN-02313/2022. Neste levantamento, 86,7% não sabem em quem votar para deputado federal. Já 3% declararam voto branco/nulo.

Em Brasília, Gideon Ismaias pretende defender a duplicação da BR 304 e a construção do anel viário sul em Mossoró. “Protocolamos ofícios em busca de melhorias para Mossoró. A duplicação da BR é um sonho antigo do Oeste Potiguar e também das regiões Potengi, Central e outras, pois vai trazer mais segurança para quem trafega pela BR 304. Muitas vidas já foram perdidas no trajeto e a duplicação é necessária para evitar novas tragédias”, defende.

Outra importante reivindicação na pauta do pré-candidato é a inclusão de mais cursos técnicos no IFRN de Mossoró. “Solicitamos ao Ministério da Educação que cursos de capacitação sobre plantação de frutas tropicais, energia eólica e solar sejam implementados no IFRN. Estes mercados crescem em nossa cidade, e carecemos de mão de obra qualificada para ocupar as vagas de emprego”, explicou.