Avaliação da campanha do IDE – “Aqui a gente apreende” – é considerada positiva

unnamed (8)

Positiva. Essa é avaliação feita pelo Instituto do Desenvolvimento da Educação (IDE) da campanha “Aqui a Gente Aprende”. Os resultados foram apresentados em seminário realizado na manhã desta quarta-feira (14), na Assembleia Legislativa, com a presença de representantes do Instituto C&A, secretaria municipal e estadual de Educação, Câmara Municipal de Natal, de escolas municipais e estaduais, além de representantes dos meios de comunicação que apoiaram a campanha.

“A campanha que valoriza a educação e mostra os desafios que o RN enfrenta nessa área recebeu apoio da Assembleia através dos veículos institucionais da Casa como o site, rádio e Tv Assembleia, garantindo que as peças publicitárias também tivessem repercussão entre os leitores, ouvintes e espectadores da Casa Legislativa”, destacou a coordenadora de Comunicação Social da Assembleia, Marília Rocha. O presidente da Casa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), apresentou uma moção de congratulações ao Instituto C&A, parceiro frequente do IDE, por apoiar iniciativas que promovem o fortalecimento da escola pública.

A campanha, cujo principal objetivo é mostrar para a sociedade que a escola pública de qualidade é possível, respaldada por exemplos reais positivos encontrados no Rio Grande do Norte, obteve bons resultados com a interação popular através das redes sociais, internet e ligações telefônicas.

Entre as interações, destacaram-se as críticas relacionadas a falta de professores (49%), problemas estruturais (20%), necessidade de valorização dos profissionais (19%), sugestões para implementação de novas didáticas de ensino (38%), adoção da ferramenta de matrículas on-line (23%) para acabar com os problemas das longas filas, a ampliação do acervo das bibliotecas (13%) e a abertura da escola nos fins de semana (13%).

“A leitura é o carro-chefe da um projeto político-pedagógico. Temos que encomendar investimentos e buscar parcerias para implementar novas ideias para efetivação dessa campanha”, afirmou a diretora do IDE, Evânia Oliveira. Para a gerente de educação do Instituto C&A, Patrícia Lacerda, os problemas da educação, assim como os benefícios, são de responsabilidade de toda a sociedade. “É da conta de todos nós. E essa campanha é o início de uma coisa muito boa”, citou.

A secretária Estadual de Educação, Cláudia Santa Rosa, falou sobre o período que esteve na direção do instituto e dos desafios que enfrenta como titular da pasta da Educação. “Essa campanha foi muito bem sucedida e ter o retorno de pessoas que não possuem filhos na escola pública ou sequer tem filhos, preocupados com a qualidade do ensino é muito gratificante. Os desafios no setor de educação são enormes, para isso estão sendo tomadas algumas medidas antipáticas, mas com o objetivo de melhorar a oferta de professores em sala de aula, por exemplo”, disse.

Assessoria