Avanço de dunas sobre rodovia faz prefeitura decretar situação de emergência no litoral potiguar

Construída entre dunas móveis, a RN-305, conhecida como estrada de Pitangui, está tomada por areia — Foto: Deivulgação

Uma das belezas naturais do Rio Grande do Norte, as dunas viraram um risco para moradores e turistas que frequentam as praias do litoral norte potiguar, especialmente no acesso a Pitangui, em Extremoz, região metropolitana da capital. Os fortes ventos da região moveram montes de areia para a RN-305, que ficou instransitável. A prefeitura do município decretou situação de emergência na última sexta-feira (30).

O perigo das areias na pista não é recente na estrada que corta a área de dunas, mas os moradores relatam que o problema nunca foi tão grave. “O turismo na cidade está parado”, diz o policial Cléber Leite. Segundo ele, as empresas que fazem passeios turísticos estão evitando levar os visitantes do estado para a região. Segundo a prefeitura, o comércio também tem sofrido com desabastecimento.

Além dos riscos de acidente na área, criminosos aproveitaram a situação para fazer assaltos, especialmente à noite, já que os motoristas precisam reduzir a velocidade para passar pelos trechos tomados pelas dunas.

A busca por soluções esbarra na burocracia do poder público e na falta de recursos. A Prefeitura afirma que tratores têm trabalhado diariamente na retirada da areia da pista, porém o trabalho é paliativo e que só quem pode realizar serviços de contenção das dunas na estrada é o Departamento Estadual de Estradas de Rodagens (DER), responsável pela gestão da rodovia.

Já o DER afirma que depende do decreto municipal – sobre o qual afirmou que ainda não tinha sido informado – para enviar equipes para a retirada de areia da região. Quando questionado sobre as medidas de contenção da areia, o departamento joga a responsabilidade de volta para a Prefeitura. A melhor solução para o caso, a construção de uma estrada que circunde a área de dunas, está descartada por falta de recursos.

Decreto

Publicado na edição da última sexta-feira (30) no Diário Oficial do Município de Extremoz, o decreto 15/2018 estabeleceu situação de emergência no município. O documento assinado pelo prefeito Joaz Oliveira Mendes da Silva é baseado em um relatório ambiental feito pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semur).

Leave a Comment