Casos e mortes por Covid-19 mantém tendência global de queda, diz OMS

Diretor-geral da OMS pede que mundo 'não politize o vírus' | VEJA
Tedros Adhanom, diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) Denis Balibouse/Reuters

O número de casos confirmados de Covid-19 no mundo continuou em ritmo decrescente nesta semana, totalizando 233,5 milhões de pessoas infectadas, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Da mesma forma, as mortes causadas pela doença continuaram diminuindo e chegaram a 5.812 nesta sexta-feira, 1º, quase um terço do pior número de mortes diárias durante a pandemia. O total de óbitos desde o começo da crise sanitária é de 4,77 milhões, sendo 2,21 milhões delas nas Américas. Mais de 6,1 bilhões de doses das diversas vacinas disponíveis foram administradas até o momento, e o número de imunizantes produzidos do fim do ano passado até dezembro deste ano deve chegar a 12 bilhões. No entanto, os países mais pobres do mundo ainda têm muita dificuldade para ter acesso. Segundo a OMS, a África é o continente mais atrasado em vacinação, mas, curiosamente, não é o continente que mais registrou mortes pela doença.

Jovem Pan

Leave a Comment