Comerciantes aguardam definição de novo local da Feirinha de Pium, no RN, após decisão judicial

Feirinha de Pium vai mudar de local — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

A tradicional Feirinha de Pium, existente há cerca de 30 anos no litoral sul do Rio Grande do Norte, vai mudar de local. A mudança acontece por uma decisão da Justiça de 2017, que determinava que a Prefeitura de Parnamirim tirasse o comércio do local em até 120 dias, o que não foi cumprido na época. Dessa vez, a prefeitura informou que vai cumprir a decisão e procura um novo local. Enquanto isso acontece, os comerciantes aguardam para saber para onde irão.

“Sempre eles falavam que íamos sair. Todo ano falam. Aí passava de um prefeito pra outro e assim ia. Mas agora chegou esse momento aqui”, lamentou o feirante Cilmar Gomes.

Outro que compartilha da tristeza pela mudança é o feirante Railson Cordeiro, responsável por uma das 19 barracas da feirinha. “Tinha um rapaz, que quando eu comecei aqui, eu o ajudava. Depois ele foi para um emprego melhor e deixou a barraca para que eu tomasse conta”, disse.

A decisão judicial para a retirada da feira é de 2017 e foi motivada por uma ação popular dos moradores da região no ano de 2003. Na solicitação, eles pedem que no terreno da feirinha – que pertence à Prefeitura de Parnamirim – seja feita uma praça.

A Feirinha de Pium, que existe há cerca de 30 anos, tem barracas com diversidade de frutas e verduras e é uma espécie de parada obrigatória para quem frequenta as praias do litoral sul pela RN-063. “Levo cajá, manga. Eu brigo com eles porque está caro”, diz a aposentada Francisca Pereira de Melo, que passa o verão na praia de Pirangi e é cliente antiga do local.

A Prefeitura de Parnamirim informou que tem feito visitas a possíveis locais que poderão receber a feirinha. Uma das áreas visitadas fica a poucos metros do atual local, que está na estrada principal de acesso às praias do litoral sul, na RN-063. Segundo a prefeitura informou, o novo local precisa ser capaz de receber os comerciantes e também ter espaço para estacionamento dos visitantes.

Fonte: https://g1.globo.com

Leave a Comment