Covid-19/RN: Número de casos é inconclusivo; governo perdeu a direção da saúde

Alessandra Lucchesi, subcoordenadora de vigilância epidemiológica do RN (arquivo) — Foto: Governo do RN/Reprodução
Alessandra Lucchesi, subcoordenadora de vigilância epidemiológica do RN (arquivo) — Foto: Governo do RN/Reprodução

O governo do RN parece nunca ter tido a direção exata do coronavírus. Basta lembrar da besteira que fez o secretário da Sesap, Cipriano Maia, quando disse que entre maio e junho, em 30 dias, morreriam mais de 11 mil pessoas.

Agora eles afirmam que há uma inconclusão nos números, pois há muitos casos que a secretaria não teve o devido registro.

Em um dia o número de suspeitos caíram de 63.235 para 16.622 casos, uma redução de 73,7%. Os inconclusos saíram de .767 para 50.841. Essa é a informação oficial da Sesap.

A governadora Fátima Bezerra (PT) se valeu de pesquisas inconclusivas para atacar a ideia do prefeito Álvaro Dias em abrir as escolas. Fazendo política a governadora assombrou os pais das crianças para conseguir impedir a abertura das escolas privadas.

Pena que o prefeito findou cedendo ao prejuízo causado também pelo assombro.

Isso sem ter sido apurado de fato, quantos doentes de situações graves de outra doenças estão em casa sem fazer os procedimentos correndo risco de morte.

Com informação de G1RN

Leave a Comment