Dilma chega a NY para afrontar a “Constituição Brasileira” dizendo que há golpe contra seu governo

images-cms-image-000493362

A presidente Dilma Rousseff foi aos Estados Unidos para denunciar ao mundo que está havendo um golpe em curso no Brasil; Isto é, a presidente não só acusa os deputados federais e senadores do Brasil, como não deixa de acusar na ONU, o Superior Tribunal Federal, já que o processo da Impeachment contra ela foi analisado pelos ministros do Supremo.

images-cms-image-000493377Dilma foi recebida na noite de ontem (21) em Nova York de forma calorosa por um grupo de pessoas que a esperavam com rosas e cartazes contra o impeachment, em frente à residência do embaixador do Brasil na Organização das Nações Unidas (ONU), Antonio Patriota, onde ficará hospedada.

Dilma também vai, de forma indireta, acusar o povo que se veste de verde e amarelo e vão às ruas contra a corrupção e seu governo, e gritam à favor do Brasil.

Milhões de brasileiros querem Dilma, Temer e Cunha, fora do poder do Brasil.

O povo brasileiro estão contra todos os políticos que não respeitam a nação do Brasil, e ferem a Constituição.

A presidente vai prestar um dos maiores desserviço a pátria brasileira, falando mal de seu povo em reunião com vários representantes internacionais.

Segundo notícias já divulgada nas grandes mídias, no discurso de Dilma que fará nesta manhã (22), na assinatura do Pacto de Paris na Organização das Nações Unidas (ONU), ela deverá dizer que é vítima de um processo ilegal de destituição presidencial, comandado pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), com o aval do vice Michel Temer (PMDB), a quem acusa de traição.

Ela esqueceu que o povão foram às ruas contra sua má administração e contra a corrupção.

94499_697x437_crop_54554b09ef0d0
Povão quer todos os corruptos fora da política brasileira.