Dória promete ser duríssimo na campanha contra Lula-Alckmin

João Doria: escolhido do PSDB
O governador de São Paulo, João Doria vai atacar Lula e Alckmin/ Agência Brasil/Divulgação

O governador de São Paulo e presidenciável, João Dória (PSDB), prometeu, nessa segunda-feira (28), jogar duro na campanha eleitoral contra a eventual chapa Lula-Alckmin.

“Se Alckmin for o vice de Lula, combaterei os dois na campanha e serei duríssimo nesse enfrentamento”, desabafou Dória na publicação de Veja.

A cúpula do PSDB avalia que o ex-governador de São Paulo e presidenciável Geraldo Alckmin enterra a própria biografia ao flertar com Lula depois de anos de luta contra o petismo. 

Os tucanos tratam o ex-cacique do partido como traidor.  

Alguém que depois de 30 anos combatendo o PT, Lula e o petismo, decidiu se associar “ao criminoso Lula”. “Ser vice de um bandido é corroborar com o crime e seu protagonista. Geraldo traiu o PSDB e mostrou sua face oportunista”, diz um importante tucano.

Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula