EUA aplicam sanções ao PCC e outros grupos criminosos internacionais

Presidente Joe Biden determinou criação de Conselho sobre Crime Organizado Transnacional / EFE/EPA/Oliver Contreras / POOL

O governo dos Estados Unidos impôs nesta quarta-feira, 15, sanções contra facções criminosas do Brasil, México e China, e anunciou a criação de um Conselho sobre Crime Organizado Transnacional. Entre os afetados está o Primeiro Comando da Capital (PCC). As autoridades americanas também destacaram como organizações de tráfico de drogas dois grupos mexicanos, Los Rojos e Guerreros Unidos, considerados responsáveis por grande parte do tráfico de heroína do México para os Estados Unidos.

Como resultado da medida, quaisquer ativos que esses grupos possam ter sob jurisdição dos Estados Unidos são congelados. Os sancionados também estão proibidos de efetuar transações financeiras com cidadãos norte-americanos. O novo conselho, estabelecido pelo presidente dos EUA, Joe Biden, através de uma ordem executiva, incluirá funcionários dos Departamentos de Justiça, Tesouro, Estado, Defesa, Segurança Nacional e do gabinete do diretor de Inteligência Nacional.