Fabio Faria reúne em jantar a direção nacional do PSDB e PSD para tentar reeleição do pai

Resultado de imagem para Fábio Faria e Alckmin
Foto: da Internet

O deputado federal Fábio Faria (PSD) reuniu em um jantar, ontem (18) em Brasília, oferecido, por ele, às cúpulas dos partidos do PSDB e PSD. No caso, o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckimin , presidente nacional do PSDB e pré-candidato a presidência do Brasil; também o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab.

Esteve presente representantes dos Estados de Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte; este último, estando presente o presidente regional do PSDB e presidente da Assembleia Legislativa do RN, o deputado estadual Ezequiel Ferreira, acompanhado de seus correligionários, o deputado estadual Gustavo Carvalho e o deputado federal Rogério Marinho. Também esteve presente o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD).

O objetivo de Faria é de fazer uma coligação entre os dois partidos nesses três Estados; principalmente com o intuito de salvar e garantir a reeleição de Robinson, já que o PSDB é hoje a maior bancada da Assembleia Legislativa, com oito deputados, Ezequiel Ferreira de Souza, Gustavo Carvalho, Márcia Maia, José Dias, Raimundo Fernandes, Larissa Rosado, Tomba Faria e Gustavo Fernandes.

A resposta do PSDB do RN – já que o presidente nacional deixou os Estados com liberdades de fazerem suas escolhas – é de que só se pronunciará em julho sobre coligações, e a quem irá apoiar para o governo. O deputado federal Rogério Marinho deixou clara sua preferência pelo pré-candidato para o governo, pelo PSB, o vice-governador Fábio Dantas.

Resultado de imagem para Ezequiel Ferreira
Presidente do PSDB diz que só fala sobre coligação em julho/ Foto: da Internet

O PSDB é hoje o partido mais cobiçado pelos que desejam ter mais tempo de TV na eleição para o governo do RN, por todos os pré-candidatos. Por sua vez, o presidente da legenda Ezequiel Ferreira, anunciou na reunião que o nome de Geraldo Melo (PSDB) poderá concorrer tanto ao governo como ao senado; sendo do agrado de Geraldo Alckimin, já que Geraldo Melo foi vice-presidente do senado e teve uma ótima atuação.

Ezequiel Ferreira segue no comando, com muita cautela, na maior legenda do Estado, o PSDB, e em julho, junto com seus correligionários, lideranças em geral, vereadores, deputados estaduais, e com todos os que estão formando o partido, anunciará a quem irá apoiar para o governo do RN.