Fátima admite prejuízo para alunos com ensino remoto: “Muitas crianças não tiveram acesso a conteúdo nenhum”

Foto: YouTube / Reprodução

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), admitiu que a adoção do ensino remoto prejudicou a educação de milhares de jovens durante a pandemia de Covid-19.

Em entrevista que vai ao ar na íntegra na noite desta quinta-feira (17) na TV dos Trabalhadores, emissora ligada a sindicatos do ABC Paulista, a governadora reconheceu que é “dramático” avaliar os impactos do ensino à distância para os estudantes.

“Foram dois anos onde (sic) não tivemos atividade presencial. Muitas dessas crianças não tiveram acesso a conteúdo nenhum por conta da exclusão digital, da escuridão que eles vivem. Não tem sinal de internet lá. Isso é muito dramático”, afirmou Fátima Bezerra.

A petista disse, no entanto, que, apesar dos prejuízos, “trabalhou com muito senso de responsabilidade” para minimizar os impactos. Ela enfatizou que já determinou a volta às aulas presenciais na rede pública estadual, mas ignorou que os professores estão em greve cobrando reajuste salarial.

“Fizemos um esforço muito grande e, aqui, as aulas já foram convocadas para retomar neste dia 14, com 100% de forma presencial. Lembrando que, no ano passado, retomamos em setembro de forma híbrida por conta das condições pandêmicas”, destacou.

BG