Governadora do RN pede ‘rigor’ e ‘empenho’ nas investigações do caso Gabriel

Governadora Fátima Bezerra concedeu entrevista coletiva sobre novo decreto de enfrentamento à Covid-19 — Foto: Reprodução
Governadora Fátima Bezerra concedeu entrevista coletiva sobre novo decreto de enfrentamento à Covid-19 — Foto: Reprodução

A governadora do Rio Grande do Norte Fátima Bezerra pediu empenho e rigor nas investigações do caso Gabriel. No domingo (14), um corpo de um homem foi encontrado em uma região de mata. A família acredita que trata-se de Giovanne Gabriel de Souza Gomes, de 18 anos, que desapareceu no dia 5 de maio.

“Falei com Priscila, mãe do menino Gabriel, um jovem do bairro Guarapes que estava desaparecido desde o último dia 4 e cujo corpo foi encontrado hoje, infelizmente sem vida. Expressei minha indignação e minha solidariedade à família e aos amigos de Gabriel”, disse a chefe do executivo estadual por meio do Twitter.

E acrescentou: “E disse a ela: já entrei em contato com nossas forças de segurança, com a delegada-geral Ana Cláudia, e determinei que todo o empenho seja feito no processo de investigação, todo o rigor. Nossa juventude não merece um destino tão cruel”.

Gabriel foi visto pela última vez na manhã do dia 5, quando saiu de casa no bairro Guarapes, em Natal, para ir de bicicleta à casa da namorada em Parnamirim. O pai de Gabriel, Jeová Gomes, reconheceu as roupas do corpo encontrado como sendo do filho, mas ainda não confirmação por parte do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep). O trabalho de perícia deverá ser concluído na manhã desta segunda.

G1RN