Hospital troca corpos de pacientes mortos por Covid-19 e família enterra pessoa errada em Natal

Corpo de homem que morreu com Covid-19 em hospital privado de Natal foi entregue à família errada em Natal. — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi
Corpo de homem que morreu com Covid-19 em hospital privado de Natal foi entregue à família errada em Natal. — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Um hospital privado de Natal trocou os corpos de dois pacientes mortos por Covid-19 nesta terça-feira (23). Ao tentar liberar o corpo de Gerde Luís Xavier Damasceno, de 63 anos, familiares descobriram que o corpo do homem já havia sido entregue a outra família.

Segundo familiares, Gerde Luís passou cerca de duas semanas internado com coronavírus e estava na UTI, intubado há quatro dias, mas não resistiu e morreu por volta das 5h.

Familiares disseram que foram chamados ao Hospital do Coração, depois que a morte do paciente foi confirmada.

O filho dele, o funcionário público, Gerdian Cabral, marcou com a funerária para buscar o corpo do pai às 18h, já que o sepultamento estava marcado para às 19h em um cemitério na Grande Natal, mas ao chegar ao local, foi informado que o corpo do seu pai já tinha sido liberado.

Na documentação, constava a assinatura de outra pessoa. Outro paciente também morreu com Covid-19 durante a madrugada da terça-feira (23) na unidade. Familiares dessa pessoa foram ao hospital antes e receberam o corpo de Gerde no lugar do seu parente, cujo corpo permaneceu no local.

G1 procurou o Hospital do Coração, mas a instituição não enviou posicionamento oficial sobre o caso até a publicação desta matéria.

Segundo o filho, o corpo do pai já havia sido sepultado pela outra família. Ambas as famílias foram ao hospital durante a manhã desta quarta-feira (24) para tentar resolver a situação.

“Eu preciso sepultar meu pai. Já perdi meu irmão de 36 anos no dia 18 de fevereiro de Covid-19. A família está muito abalada, eu estou muito abalado e, infelizmente, passar por um constrangimento desse, em um período como esse, está machucando muito”, afirmou Gerdian.

Gerde Luís Xavier Damasceno, de 63 anos, morreu com Covid-19 e teve o corpo trocado no hospital, em Natal. — Foto: Cedida

Gerde Luís Xavier Damasceno, de 63 anos, morreu com Covid-19 e teve o corpo trocado no hospital, em Natal. — Foto: Cedida

G1RN

Leave a Comment