Líderes da ALRN abordam situação em Agrovila do Complexo da Barragem de Oiticica

Durante a Sessão Ordinária desta quarta-feira (9), no horário das lideranças partidárias, os deputados Nelter Queiroz (MDB) e Francisco do PT apresentaram fatos e pontos de vista sobre a entrega das chaves aos moradores da Agrovila Nova Barra de Santana, que faz parte do Complexo da Barragem de Oiticica. 

Primeiro a discursar, Nelter disse que o Governo do Estado não falou a verdade acerca da conclusão da obra e disponibilização das moradias à população. “Hoje eu venho aqui para trazer uma notícia que me deixa muito preocupado, com relação a uma nota do Governo do Estado, no final da tarde de ontem, sobre os moradores de Carnaúba Torta. A governadora disse que as famílias ainda não se mudaram porque não quiseram”, iniciou.

Segundo o deputado, “hoje, nas redes sociais, o governo estadual soltou outra nota, dizendo que o povo está recebendo as chaves e indo para as casas”, disse, frisando que a governadora chamou o povo de “mentiroso”.

De acordo com o parlamentar, ele compareceu ao local no último domingo, ocasião em que os moradores lhe esclareceram a situação. “Segundo o povo, as chaves seriam entregues no dia 18 de fevereiro, e eles conseguiriam se mudar para a Agrovila, que foi construída, inclusive, com o dinheiro do Governo Federal, através do ministro Rogério Marinho. E hoje o povo está lá recebendo as chaves porque eu fui lá domingo e fiz uma pressão”, garantiu.

Em seguida, Nelter Queiroz anunciou que vai iniciar uma série de visitas a hospitais regionais, para mostrar, através de vídeos, a realidade da Saúde.  Ainda conforme o deputado, com relação à Educação, “até agora, os IERNs (Institutos Estaduais do RN) não foram feitos”. 

“O último ano é para inaugurar as obras. Ela não fez nada e agora está correndo contra o tempo, mas não sai do papel. O Governo Federal quer ajudar o RN, mas a governadora está dificultando. A liberação da Estrada do Melão, na cidade de Mossoró, por exemplo, já foi solicitada através da Codevasp. E eu soube que a governadora está recebendo hoje uma comissão para autorizar a obra. Então, graças a Deus, a pressão do povo está surtindo efeito”, finalizou.

Na sequência, o líder do governo na Assembleia Legislativa, Francisco do PT, rebateu as críticas sobre a Agrovila Raimundo Nonato, na Barragem de Oiticica.  Ele disse que a Agrovila foi concluída devido ao empenho do Governo do RN, “mesmo recebendo as obras sociais travadas, cheias de problemas e erros”.

“O governo estadual, em conjunto com a população local, o Poder Judiciário e a Igreja Católica do Seridó, fez uma série de movimentações para resgatar a obra social que será entregue ao povo de Barra de Santana. Essa e as demais Agrovilas não estavam no projeto; elas são uma conquista do ‘Movimento dos Atingidos’, juntamente com a sensibilidade do Governo Fátima. Portanto, os moradores de Carnaúba Torta estão ocupando suas casas, não por pressão de A ou B, mas porque o RN tem uma governadora com sensibilidade social”, frisou. 

Ao final, o parlamentar leu uma nota do “Movimento dos Atingidos” a respeito das questões das Agrovilas.  “A nota enfatiza que a obra aconteceu devido ao apoio do Governo do Estado. Além disso, diz que as famílias decidiram, por unanimidade, não receber as chaves no dia 18 de fevereiro, para aguardar a conclusão dos últimos detalhes da obra”, acrescentou Francisco do PT.