Líderes falam sobre UERN, concurso da Polícia Civil e divulgação do turismo do RN

Os deputados estaduais usaram o horário de liderança na sessão ordinária desta quarta-feira (29), na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, para comentar sobre a autonomia financeira da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), o concurso público da Polícia Civil e uma campanha para divulgação das potencialidades turísticas do estado.  

O deputado Nelter Queiroz (MDB) comentou sobre um Projeto de Lei que havia sido apresentado pelo mandato dele na Casa Legislativa, estabelecendo a autonomia universitária da UERN. Ele contou que a proposição foi considerada inconstitucional pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e arquivada e ele estaria apresentando novamente.

“A UERN tem dado a oportunidade, através dos recursos públicos, a muitas pessoas a terem um curso superior. Peço que a Comissão analise com bons olhos e traga o projeto ao plenário para que a gente discuta com a maioria dos deputados”, disse. 

O deputado estadual Coronel Azevedo (PSC) falou sobre os candidatos aprovados no concurso da Polícia Civil. “Tenho feito diuturnamente encaminhamentos para melhorar os serviços públicos, em especial a segurança pública, por isso, encaminho requerimento para que o Governo do Estado reveja o posicionamento sobre a correção das provas discursivas e convoque mais candidatos aprovados. O déficit de polícia Militar e Civil é enorme no estado”, narrou.

Por fim, o deputado Ubaldo Fernandes (PL) falou sobre campanha criada pelo mandato dele, com o nome “Vem para o nosso RN”, que, de acordo com ele, tenta estimular a população do RN a divulgar as potencialidades turísticas do estado. “Passamos um ano e seis meses na maior decadência e a nossa principal economia totalmente parada. Toda a cadeia produtiva teve um abalo muito forte. Agora, quando a população começa a ter um bom percentual da população vacinada, começamos a retomar a nossa vida, nossa economia e nosso turismo. Precisamos abraçar essa causa de divulgar o que o RN tem de melhor, para o Brasil e o mundo tomarem conhecimento”, contou.

Leave a Comment