Márcia sugere elaboração de plano para conter aumento da violência

unnamed (4)

A deputada Márcia Maia (PSDB) registrou sua preocupação com o avanço do índice de violência registrado no Estado. Em pronunciamento realizado na manhã desta terça-feira (26), sugeriu a elaboração de um plano estratégico emergencial para conter a insegurança que toma conta do Rio Grande do Norte.

“Natal está entre as capitais mais violentas do mundo. Só este ano, 526 pessoas foram assassinadas no RN. Um número que aumenta a cada dia. É uma estatística ruim, que nos dá uma média de 4,5 vítimas de assassinato por dia. Se continuar nesse ritmo, vamos chegar em dezembro com 2000 pessoas assassinadas no RN. É algo assustador. Sem contar com as vitimas de roubo assalto e violência de um modo geral”, alerta.

Márcia Maia criticou a falta de ações governamentais de combate ao problema e ainda relacionou o elevado número de fugas registradas ao aumento da violência. “Essa situação preocupa toda comunidade”, destacou.

Em aparte, o deputado José Adécio (DEM) disse que “as rugas do sistema penitenciário são uma verdadeira vergonha” e citou a carta endereçada ao governador Robinson Faria (PSD) escrita pela mãe da universitária Karol, assassinada no início do ano na zona Norte de Natal. “A segurança pública do RN está um desastre”, afirmou.

O deputado Gustavo Carvalho (PSDB) também contribuiu com o pronunciamento de Márcia Maia fazendo um apelo ao governador. “Chega uma hora que a população quer ouvir decisão sobre operação na segurança pública. Tem que mudar. O RN não pode mais ficar nesse caos que nos encontramos hoje”, disse.

Os deputados George Soares (PR), Souza Neto (PHS) e Nélter Queiroz (PMDB) também apartearam o pronunciamento. “Defendo uma reação. Se não for assim, vamos ficar sem solução”, afirmou Nélter Queiroz.

Assessoria