Mineiro comenta decisão da Câmara dos Deputados em relação ao impeachment

unnamed (32)

O deputado estadual Fernando Mineiro (PT) falou, em pronunciamento na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (19), sobre o posicionamento do Partido dos Trabalhadores (PT) em relação à decisão da Câmara dos Deputados no processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

“O Brasil e o mundo acompanharam o processo de votação do impeachment na Câmara Federal no último domingo e o nível de intervenções dos deputados já traduz a capacidade de interesse dos que votaram a favor do golpe no Brasil”, disse Mineiro.

De acordo com o parlamentar, os interesses relatados não estão relacionados à corrupção e cita o exemplo da deputada de Montes Claros (MG) que votou a favor do afastamento da presidente e no dia seguinte teve o esposo preso. Mineiro falou sobre um documento, criado pelo PMDB, denominado “Ponte para o Futuro” e ressaltou que o material retrata o projeto que querem implantar no Brasil.

Sobre o posicionamento local, Mineiro falou sobre o rompimento com o PSD. “Ingratidão e traição definem a atitude do PSD. Todos sabem do esforço, trabalho e dedicação que o PT teve em 2014 para formar uma aliança no processo de intensa disputa política no Brasil”, disse Mineiro.

Em relação à entrega dos cargos ocupados pelo PT no Governo do Estado, Fernando Mineiro disse que as pastas foram entregues com a consciência tranquila. “Estamos tranquilos e conscientes que nossos filiados fizeram um bom trabalho. Nós do PT continuaremos de cabeça erguida, enfrentando essa disputa e defendendo o que acreditamos. Pode ser até que sejamos derrotados, mas não terei inveja dos vencedores e não quero estar na pele deles, porque serão cobrados”, finalizou o parlamentar.

Assessoria