Mineiro destaca fábrica de briquetes em Ipanguassu como alternativa sustentável

No Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado nesta terça-feira (5), o deputado Mineiro Lula (PT) afirmou que no Rio Grande do Norte, a questão hídricas ainda é um dos principais problemas ambientais que afeta o equilíbrio o desenvolvimento da nossa economia. Durante a sessão plenária, o parlamentar também destacou a fábrica de briquetes que está funcionando em Ipanguaçu.

“Ou a gente muda o padrão de relação da sociedade e do Estado com os recursos hídricos, ou não vamos sair desse patamar em que nos encontramos. Precisamos pensar essas questões relacionadas ao desenvolvimento do meio ambiente. Temos que pensar o planeta, os países, o Brasil, o Nordeste e o Rio Grande do Norte à luz da sustentabilidade, do equilíbrio entre as demandas do desenvolvimento e a questão central é a preservação dos nossos bens naturais”, ressaltou Mineiro.

Ao destacar a fábrica de briquetes em Ipanguaçu, Mineiro parabenizou a experiência e sugeriu que seja amplamente divulgada. “Estou muito satisfeito com o que vi. É um trabalho embrionário e tem tudo a ver com a questão ambiental, pois substitui grande parte da lenha utilizada nas cerâmicas”, afirmou o parlamentar.

O briquete, por ser considerado um substituto da lenha, é também chamado de “carvão ecológico”. Resulta da secagem e prensagem de resíduos de madeira e ao final tem alto poder calorífico.