Município de Saudades vive luto coletivo após ataque a creche que deixou 5 mortos

Coroas de flores em cemitério municipal de Saudades — Foto: Sirli Freitas/Divulgação
Coroas de flores em cemitério municipal de Saudades — Foto: Sirli Freitas/Divulgação

O município de Saudades, no Oeste catarinense, vive um luto coletivo após o ataque em uma creche que resultou na morte de três crianças e duas funcionárias. As aulas foram suspensas até a próxima segunda (9) e houve também empresários que pausaram as atividades e dispensaram os funcionários diante do choque e da tristeza que atingiu os moradores.

Na terça (4), um jovem de 18 anos entrou armado com um facão na escola Pró-Infância Aquarela, uma das três creches da cidade, que atende crianças de 6 meses a 2 anos. Ele matou três alunos de 1 ano, uma professora de 30 e uma agente educacional de 20. Depois, golpeou o próprio corpo. O autor está internado no hospital de Chapecó, assim como uma criança de 1 ano e 8 meses que sobreviveu, passou por cirurgia e está na UTI.

Saudades tem 9.810 habitantes, segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geográfia e Estatística (IBGE). Dessa forma, todos os moradores conhecem alguém da família das vítimas, ou do autor, que também é da cidade.

Desde terça, as pessoas deixam flores e cartazes em frente à creche onde houve o crime, em homenagem às vítimas. Moradores de Saudades e cidades vizinhas participaram do velório, no Parque de Exposições Theobaldo Hermes, que começou após as 23h de terça e seguiu até a manhã desta quarta.

G1SC

Leave a Comment