Nove em cada dez brasileiros atribuem o seu sucesso financeiro a Deus

Nove em cada dez brasileiros atribuem o seu sucesso financeiro a Deus

Nove em cada dez brasileiros (88%) dizem dever o seu sucesso financeiro “a Deus”, segundo uma sondagem hoje divulgada pelo Instituto Datafolha, do Grupo Folha, que é o dono do jornal Folha de São Paulo.

Entre os brasileiros que dizem ter uma religião, a percentagem supera os 90%, chegando aos 70% entre os que dizem que não professam nenhuma religião. E até 23% daqueles que se dizem “ateus” responderam positivamente à questão: “Todo o sucesso financeiro da minha vida devo-o, em primeiro lugar, a Deus”.

Segundo a sondagem, 97% dos evangélicos (que no Brasil incluem os protestantes históricos e os neo-pentecostais) dizem haver uma influência divina nas suas finanças, tal como 91% dos católicos, 70% dos que não seguem nenhuma religião, 66% dos seguidores do espiritismo e 63% seguidores do culto afro-brasileiro Umbanda.

Esta sondagem foi levada a cabo através das respostas de 2.828 pessoas com mais de 16 anos, em 174 cidades do Brasil, país que conta com mais de 200 milhões de habitantes, e a margem de erro está fixada nos dois pontos.

Os inquiridos com menor grau de escolaridade são mais propensos a atribuir o sucesso financeiro a Deus, mas 77% dos licenciados também atribuem uma responsabilidade divina para o estado das suas finanças.

Outro dos resultados desta sondagem mostra que o Brasil é cada vez menos católico. Desde 2014, esta religião perdeu 9 milhões de seguidores e, hoje, apenas 50% dos brasileiros dizem ser católicos, enquanto 22% são evangélicos.

Há dois anos, 60% dos brasileiros declararam-se católicos (praticantes ou não praticantes), contra 74% há 25 anos. E, desde então, o número de brasileiros “sem religião” mais do que duplicou de 6% para 14%.

Fonte: http://www.dnoticias.pt/mundo/nove-em-cada-dez-brasileiros-atribuem-o-seu-sucesso-financeiro-a-deus-XI648220