Polícia Civil prende ex-treinador de Palmeira no Estado

marcos_ferrari

Policiais civis da Diretoria de Polícia da Grande Natal (DPGRAN) prenderam, na tarde desta sexta-feira (8), o foragido da Justiça Marcos Danilo Ferrari, 42 anos, por fraudar jogos oficiais no Campeonato Potiguar deste ano.

A investigação foi conduzida pela Delegacia de Repressão aos crimes de Intolerância Esportiva (Dade) do estado de São Paulo, sendo expedido um mandado de prisão temporária e cumprido hoje, quando Marcos, que foi treinador do Palmeira no RN, apresentou-se espontaneamente na DPGRAN após ter conhecimento acerca do mandado.

De acordo com o diretor-adjunto da DPGRAN, Júlio Costa, o homem ficará preso temporariamente no Rio Grande do Norte, até o seu recambiamento para o estado de São Paulo. “Estamos em processo de comunicação da prisão com o cumprimento do mandado de prisão temporária, aguardando uma equipe da delegacia de São Paulo, que é responsável pelo inquérito, para a transferência de Marcos para o sistema prisional de lá”, afirmou o delegado Júlio Costa.