Porteiro é assassinado dentro de condomínio na Zona Sul de Natal

Caso aconteceu na tarde deste sábado (7) em Candelária. Segundo polícia, criminoso chegou a edifício, tocou campainha e atirou na vítima que se aproximava para pegar ‘encomenda’.

Portaria onde o crime aconteceu, na Zona Sul de Natal — Foto: Redes sociais
Portaria onde o crime aconteceu, na Zona Sul de Natal — Foto: Redes sociais

Um porteiro de 33 anos que trabalhava em um condomínio da Zona Sul de Natal foi morto com um tiro de arma de calibre 12, na cabeça. O crime aconteceu na tarde deste sábado (7), no local de trabalho do homem. O criminoso não foi preso.

A vítima foi identificada como Judson de Oliveira Lima. De acordo com a Polícia Militar, o homem trabalhava no edifício Solar Humberto Pignataro, em Candelária, quando o assassino chegou ao local com uma caixa, simulando uma encomenda.

Ainda de acordo com a polícia, o assassino deixou o objeto no chão e tocou a campainha. Quando o porteiro se aproximou para atender ao chamado, foi atingido por um tiro na cabeça e morreu. Logo após disparar a arma, o criminoso fugiu.

De acordo com a PM, o assassino usava boné, camisa, calça jeans e estava com o rosto coberto por uma máscara. Câmeras de vigilância do condomínio flagraram a imagem dele.

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e o Instituto Técnico-Científico de Perícia foram acionados ao local para dar início ao trabalho de perícia e investigação.

Imagens de câmera de segurança mostram suspeito de matar porteiro em condomínio de Natal. — Foto: Reprodução

Imagens de câmera de segurança mostram suspeito de matar porteiro em condomínio de Natal. — Foto: Reprodução

G1RN

Leave a Comment