Prefeito de Lagoa Nova, Luciano Santos, fala da importância do reconhecimento do Geoparque Seridó pela Unesco e agradece envolvidos no projeto

O prefeito de Lagoa Nova, Luciano Santos, junto com a Secretária Municipal de Turismo, Josi Gomes, estiveram participando do Programa Clube do Ray, na Rádio Serrana FM, na Serra de Sant’Ana, nesta segunda-feira (18). O bate-papo foi sobre o reconhecimento mundial que o Geoparque Seridó ganhou pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura por seus aspectos geológicos, ambientais e culturais. O momento foi comemorado por pesquisadores e representantes do setor de turismo do Rio Grande do Norte. A cidade de Lagoa Nova é um dos seis municípios que compõem o geoparque.

Para Luciano o reconhecimento da Unesco é um divisor de águas, para o fortalecimento do turismo na região do Seridó. “Esse trabalho foi construído por muitas mãos para esta grande abertura do mercado. Fico feliz em estar prefeito, e saber que Lagoa Nova está inserida dentro de um programa de 177 geossítios em 46 países. Um geossítio como o que temos em Lagoa Nova, com a contemplação por mirantes, Tanques dos Poscianos, a lagoa que deu origem ao nome da cidade… Assim o desenvolvimento que chega a nossa cidade, a região, a partir desta chancela da Unesco. Precisamos agradecer e aplaudir todos que estão construindo este projeto: ao professor Marcos Nascimento, Janaína, a secretária Josi Gomes. Estou feliz pela gestão e consciente que precisamos avançar, o caminho é árduo e vamos lutar para atrair investidores e temos que ter uma infraestrutura adequada respeitando o meio-ambiente, com o desenvolvimento local”, contou.

Emocionada a Secretária de Turismo de Lagoa Nova, Josi Gomes, lembrou o papel do professor Marcos Nascimento, que é o coordenador científico do projeto, já que ele foi o primeiro a acreditar no sonho de tornar a região um geoparque. Ela lembrou de todo caminho percorrido e construído para a avaliação da Unesco. “A chancela foi confirmada na quarta-feira, dia 13 de abril, e muita alegria, pois tínhamos plena certeza que o território tinha sido preparado. Todo este trabalho científico foi liderado pelo professor Marcos, ao lado de Silas, Matheus e Janaína. Eles fazem um trabalho de gigante. A alegria veio quando a Unesco publicou a confirmação”, explicou.

O geoparque Seridó tem uma sede em Currais Novos, mas abrange 2.800 quilômetros quadrados e seis municípios com recursos naturais e construções humanas importantes. Ele é gerido por um consórcio intermunicipal criado há 12 anos pelas cidades de Acari, Carnaúba dos Dantas, Cerro Corá, Currais Novos, Lagoa Nova e Parelhas.

Leave a Comment