Prefeitura abre inscrições para quase 900 apartamentos em Natal

Prefeitura vai sortear mais de 800 apartamentos populares (Foto: Divulgação/Prefeitura de Natal )

As inscrições para o sorteio de 896 apartamentos populares no próximo dia 13 de maio, em Natal, seguem abertas. As moradias são destinadas para famílias já inscritas na Secretaria de Habitação, Regularização Fundiária e Projetos Estruturantes (Seharpe) e residentes em assentamentos precários da capital.

O sorteio dos apartamentos do Village de Prata, no bairro Planalto, acontece no próximo dia 13 de maio, às 20h. Os sorteados serão conhecidos através dos números da Loteria Federal da Caixa Econômica.

Os interessados em participar do sorteio ainda podem se inscrever no site do Minha Casa, Minha Vida, no link: www.mcmv.natal.rn.gov.br, até 23h59 do dia 12 de maio, ou procurar a Seharpe, até o dia 12, no horário de expediente, para que possam acessar o sítio do Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal, e realizar a inscrição online. O sorteio também leva em consideração a situação de idosos e deficientes físicos.

O Village de Prata é, nesta nova fase de investimentos em habitações populares, o principal projeto em execução na cidade, tendo atendido já cidadãos de assentamentos como Camboim (Bom Pastor), remanescentes das antigas favelas do Fio e Alemão, aqueles que estão em área de risco da CHESF (Bom Pastor), Assentamento 8 de março (Planalto), famílias que estavam ocupando o terreno da Estação de Tratamento de Esgotos (ETE), no Guarapes, pessoas do Maruim, Jacó, famílias que ocupavam uma área na ZPA-4 (Guarapes) e Mãe Luíza. Estas 896 unidades serão entregues junto com as demais que serão sorteadas.

Dessa forma, após o sorteio promovido pela CEF, que aponta cinco números, um programa utiliza a sequência numeral para apontar os números subsequentes e determinar os sorteados de acordo com os números de inscrição obtidos no site. O sorteio é acompanhado pelo Ministério Público e pela Receita Federal.

Será sorteado o dobro do número de vagas para formação de um cadastro de reservas, que somente serão utilizados, obedecendo a ordem de sorteio, caso haja desistência ou impedimentos de ordem legal, após análise pela Seharpe e Caixa Econômica Federal, dos beneficiários sorteados (titulares), não sendo válida a sua utilização para a seleção de quaisquer outros empreendimentos. Em caso de não utilização de sorteados do Cadastro de Reserva, os mesmos retornarão ao banco de dados do Programa Minha Casa Minha Vida, para fins de seleção em um próximo empreendimento.