Quem do RN terá recebido 500 mil Reais que foi repassado por empresas investigadas na Operação Skala

Passou ontem nos telejornais nacionais que alguém do Rio Grande do Norte, possivelmente ligado aos grupos que apoiavam  a campanha de Dilma e Temer (eleição de 2014) recebeu 500 mil Reais de propina para conceder benefícios do governo federal à empresas da  área dos portos.

Em maio de 2017, um decreto assinado pelo presidente Michel Temer aumentou o prazo das concessões das áreas portuárias de 25 anos para 35 anos, com chance de prorrogação por até 70 anos. Possivelmente uso do cargo de presidente da república para favorecer as empresas portuárias, em troca de propina.

Mas quem terá sido essa pessoa, já que as duas chapas principais da eleição no RN apoiavam Dilma (PT) e Temer (MDB). O governador Robinson Faria (PSD) e a senadora  Fátima Bezerra (PT) apoiaram e receberam apoio financeiro desta coligação; de igual modo a chapa encabeçada por Henrique Alves (MDB) e João Maia (PR). As duas chapas apoiavam a chapa Dilma  e Temer.

 

Agora fica a pergunta no ar, qual dos políticos recebeu esse dinheiro.

Os principais suspeitos, para a população, são: Fátima Bezerra, Robinson Faria, Henrique Alves e João Maia.