RN prorroga campanha de vacinação contra poliomielite até 16 de dezembro

Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite foi prorrogada — Foto: Breno Esaki/Agência Brasília
Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite foi prorrogada — Foto: Breno Esaki/Agência Brasília

A campanha de vacinação contra a poliomielite foi prorrogada até o dia 16 de dezembro em todo o Rio Grande do Norte. O aumento no prazo seguiu a campanha nacional, que se mantém pelo mesmo período.

O público-alvo das vacinas são crianças de 1 ano a até menos de 5 anos de idade.

A campanha estava programada para durar até o dia 30 de dezembro. Neste período, o Rio Grande do Norte vacinou 73,21% do público-alvo. A meta é que 95% das crianças sejam vacinadas contra a poliomielite.

Atingiram essa meta 63 municípios do estado. Segundo o Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), algumas regiões ainda estão bem abaixo do desejado, como a Região Metropolitana de Natal, que está com 60,83% de cobertura vacinal.

Entre os municípios abaixo, estão também Natal, com 47,59%, e Macau, com 36,80%.

Segundo a Sesap, os municípios devem adotar estratégias para ampliar a cobertura da vacina, realizando uma busca ativa das crianças não vacinadas, a vacinação de casa em casa e disponibilizando postos de vacinação em locais estratégicos.

Outra recomendação para as maiores cidades é que se faça o drive-thru de vacinação, respeitando as orientações e cuidados para evitar o contágio e a disseminação da Covid-19.

Em Natal, a Secretaria Municipal de Saúde realizou durante três dias na semana passada um drive-thru de vacinação nas Zonas Norte e Sul da cidade.

A poliomielite é uma doença que afeta o sistema nervoso central e pode causar a paralisia permanente ou transitória dos membros inferiores. A única forma de prevenção é a vacinação.

G1RN