Rússia reorganiza tropas na Ucrânia para retomar ‘ofensivas em grande escala’, aponta inteligência do Reino Unido

Nesta foto tirada e divulgada pelo Serviço de Emergência do Estado da Ucrânia em 14 de março de 2022, bombeiros trabalham para extinguir um incêndio em um prédio de apartamentos atingido por bombardeios no distrito de Obolon, em Kiev.

Rússia está reorganizando suas tropas na Ucrânia para retomar uma grande ofensiva em diversas regiões do país vizinho. A informação foi publicada pela inteligência do Ministério da Defesa do Reino Unido, que vem monitorando as movimentações bélicas no Leste Europeu desde o início do conflito e já foi capaz de prever a intensificação do ataque russo e o cerco a Kiev. A atualização foi publicada por volta das 5 horas da manhã desta quarta-feira, 23, pelo horário de Brasília. A previsão aponta para ataque das forças de Vladimir Putin em todas as direções, na capital ucraniana, em Kharkiv, Mariupol, Mykolaiv e Odesa. O Reino Unido não mencionou possíveis ataques a Lviv, para onde muitos refugidos tem ido antes de sair do país.

“O campo de batalha no norte da Ucrânia permanece em grande parte estático, com as forças russas provavelmente conduzindo um período de reorganização antes de retomar as operações ofensivas em grande escala. As forças russas estão tentando cercar as forças ucranianas no leste do país enquanto avançam da direção de Kharkiv no norte e Mariupol no sul. As forças russas ainda estão tentando contornar Mykolaiv enquanto procuram dirigir para o oeste em direção a Odesa”, escreveu o ministério inglês nas redes sociais.

Jovem Pan