Sandro Pimentel lamenta Medida Provisória que “estrangula sindicatos”

Durante a sessão ordinária desta quinta-feira (7), o deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL) lamentou o disposto na Medida Provisória de número 873, de 2019, que segundo ele, “estrangula os sindicatos do Brasil”. O ato do presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) dispõe sobre a contribuição sindical.

“O Governo Federal parece não saber quais são prioridades do país e tenta asfixiar os sindicatos. A atividade sindical tem previsão constitucional e cabe ao trabalhador o direito de se sindicalizar quando quiser. O Governo não pode se meter. O Governo não pode estrangular os sindicatos”, justificou ele.

Sandro Pimentel também criticou a postagem do presidente da República sobre o Carnaval afirmando que “falta sensatez” a Jair Bolsonaro, que, nas palavras dele, “desonra a Presidência”. “Atitudes isoladas não podem servir como regra num país conhecido internacionalmente pela festa que faz”, destacou o deputado em seu pronunciamento.

Assessoria

Leave a Comment