Setembro Cidadão completa meia década e recebe homenagem na Assembleia Legislativa

A terra do Sol e do Sal é também, há cinco anos, a terra da Cidadania. A iniciativa potiguar do Setembro Cidadão, pioneira em todo o País, recebeu homenagem na Assembleia Legislativa na manhã desta segunda-feira (15), em sessão solene por iniciativa do presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB). O parlamentar se comprometeu a que o parlamento continue apoiando o projeto, idealizado pelo juiz Jarbas Bezerra e a advogada e secretária judiciária do TRE, Lígia Limeira. Os deputados Cristiane Dantas (PPL) e Hermano Morais (MDB) também prestigiaram a homenagem.

“Os cinco anos do Setembro Cidadão, hoje comemorados, refletem que, cada vez mais, a iniciativa de criá-lo foi um grande passo para promover contribuições que incidirão na formação de pessoas responsáveis e solidárias, que conheçam e exerçam os seus direitos e deveres em diálogo e em respeito aos outros”, destacou o deputado, que fez um resumo das ações desta edição, onde foram realizadas mais de 25 atividades por todo o Estado: educação, inclusão social, esporte, música, literatura, história e muita cultura.

Os ajustes na lei, a criação de um Selo Comemorativo e o apoio ao Memorial, para que, a exemplo deste ano, continue itinerante nos shoppings da cidade e assim dê ainda mais visibilidade ao projeto, foram os pleitos do juiz Jarbas Bezerra, aos quais o presidente externou o total apoio da Casa.

Ezequiel Ferreira ressaltou que uma das premissas da construção das sociedades contemporâneas é de que os indivíduos, na condição de cidadãos, possuam direitos respeitados pelo Estado e pela sociedade, como o de participar politicamente da construção de sua própria sociedade.

“Quanto maior a participação dos cidadãos, maiores as chances de que se produzam melhorias nas condições de vida da população e para atuarmos precisamos somar forças e compartilhar conhecimentos e responsabilidades”, disse o deputado.

Em seu pronunciamento, Jarbas Bezerra fez um agradecimento aos poderes Legislativo e Executivo pela aprovação e sanção da lei, respectivamente, e de forma nominal a todos os que, em suas áreas de atuação profissional, contribuíram e vem contribuindo para o fortalecimento do projeto em suas áreas específicas. Além dos idealizadores, foram homenageados na solenidade Arturo Arruda Câmara, João Maria Mendonça de Moura, Lúcia de Fátima de Oliveira Barbosa, Marco Antônio Medeiros, Ricardo Pinto de Araújo e Sâmya Aby Faraj Linhares Bastos.

“Ao agradecer a presença de todos os que estão aqui, amigos, autoridades e pessoas que compõem o nosso programa, destaco que nós precisamos da união, é a conjugação de todos que pode transformar este País numa grande nação”, encerrou o juiz Jarbas Bezerra.