Sindsaúde acusa Governo do RN de tratar servidores com descaso

Governadora Fátma Bezerra começa mês de julho com paralisação dos servidores da Saúde
Governadora Fátma Bezerra começa mês de julho com paralisação dos servidores da Saúde / Redação

Em reunião com o Fórum Estadual de Servidores, a governadora Fátima Bezerra (PT) descartou a possibilidade de dar reajuste igualitário para todos os servidores do Rio Grande do Norte e manteve a medida descriminatória encaminhada para a Assembleia Legislativa que prevê reajuste de 16,38% somente aos procuradores, auditores fiscais e delegados de polícia. Sendo assim, tratando com descaso a situação de atraso salarial e de quase 10 anos sem reajuste ao qual os servidores da saúde estão submetidos.

Além desse ataque, o Governo do RN também decidiu:

Cancelar o Leilão dos Royalties, medida que ajudaria no pagamento dos salários atrasados, em razão da queda na arrecadação.

Diminuir o teto de pagamento para 3 mil. Ou seja, até o meio do mês receberia quem ganha até 3 mil e quem recebe acima desse valor seria pago ao final do mês.

Dessa maneira, o calendário de pagamento até setembro ficaria assim:

Julho: Dia 15 recebem os servidores que ganham até R$ 3 mil bruto e 30% da parcela salarial de quem recebe acima desse teto. O restante seria pago no dia 31 de julho, junto ao salário dos demais servidores.

Agosto: Dia 15 quem ganha até R$ 3 mil. Os demais servidores irão receber no dia 30.

Setembro: Dia 16 recebe quem ganha até R$ 3 mil e os demais, que ganham acima desse teto, receberão no dia 30.

O Fórum não aceitou essa diminuição do teto e uma nova reunião entre os representantes sindicais foi marcada para o dia 2 de julho.

Em acordo com o Banco do Brasil, o Governo também anunciou que estará disponível aos servidores a realização de um emprestimo consignado. O servidores poderão fazer o emprestimo com juros de 1,7% e com carência de seis meses no Banco do Brasil. Situação que não resolveria, em nada, o problema de endividamento dos servidores.

Ao final da reunião, o Sindsaúde RN protocolou um pedido de reunião com a governadora para discutir e cobrar de forma específica melhorias para a situação da saúde no Estado.

Diante de tantos ataques aos servidores, o Sindsaúde RN reforça a convocação aos servidores para participarem da paralisação que está marcada para o dia 3 de julho. A atividade terá ato público, às 9h, na frente da Governadoria. Se a negociação não avança, é hora de ir a luta! Governadora, respeite os servidores do RN! Pague os nossos atrasados!

Comunicação Sindsaúde

Leave a Comment