TEMER: RECUO EM NOMEAÇÃO DE IMBASSAHY FOI PARA “NÃO DESAGRADAR A BASE”

PSOL e PT protocolarão pedido de impeachment de Temer
Foto Agência Brasil

De passagem por Pernambuco em sua primeira viagem ao Nordeste, Michel Temer disse que não houve recuo do governo na nomeação do líder do PSDB na Câmara, Antônio Imbassahy (PSDB-BA), para a chefiar a Secretaria de Governo no lugar do ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA); “Houve reação, mas não ao nome dele [Imbassahy], mas é que estamos em processo de eleições na Câmara e partidos pensaram que a nomeação poderia favorecer um ou outro candidato. Por isso vamos costurar o apoio da base e não posso, nesse momento que o Congresso está apoiando o governo na votação de medidas econômicas, desagradar uma ponta da base”, disse

Do Blog: o presidente deixa entender que pode desagradar a base depois da eleição da Câmara.

Fonte: https://www.brasil247.com/pt/247/pernambuco247/269637/Temer-recuo-em-nomea%C3%A7%C3%A3o-de-Imbassahy-foi-para-%E2%80%9Cn%C3%A3o-desagradar-a-base%E2%80%9D.htm