Tribunal investigará possíveis crimes de guerra contra a humanidade ou genocídio na Ucrânia

Foto reproduzida

O promotor do Tribunal Penal Internacional abriu nesta quarta-feira, 2, uma investigação sobre possíveis crimes de guerra, crimes contra a humanidade ou genocídio na Ucrânia desde 2013 e abrangendo o conflito desencadeado pela invasão da Rússia.

O promotor Karim Khan disse que iniciou a investigação depois que 39 dos Estados-membros do tribunal solicitaram uma investigação, um processo conhecido como remessa.
“Esses encaminhamentos permitem ao meu gabinete prosseguir com a abertura de uma investigação sobre a situação na Ucrânia a partir de 21 de novembro de 2013, abrangendo assim no seu âmbito quaisquer alegações passadas e presentes de crimes de guerra, crimes contra a humanidade ou genocídio cometidos em qualquer parte do território de Ucrânia por qualquer pessoa”, disse Khan em um comunicado. “Nosso trabalho na coleta de provas já começou”, acrescentou.


Estadão Conteúdo