Violência continua crescendo e desafiando o RN, e o governo não tem solução

Todos os dias vemos notícias de violência em algum lugar do Estado do Rio Grande do Norte, e esses crimes não são de furtos, de brigas que depois pode-se votar à paz; mas de mortes e roubos, tudo com muitas agressões às famílias que residem no RN. Por sinal, tem sido assim em quase todo o Brasil. Os bandidos estão organizados para destruir a força do Estado.

Veja o que aconteceu ontem: 

1.Uma família – que possui duas filhas especiais – foi rendida e ficou na mira de ladrões durante um arrastão na noite desta terça-feira, dia 31 de agosto, no bairro Santos Reis, em Parnamirim, cidade da Grande Natal. Além de vários objetos da casa e pertences pessoais, os bandidos ainda levaram uma caminhonete Hilux, que até o momento não foi encontrada. Ninguém foi preso. (G1RN)

2.Criminosos arrombaram na madrugada desta quarta-feira (1º) caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil, localizada na BR-101, na Zona Sul de Natal. A Polícia Militar informou que encontrou notas espalhadas no chão do estabelecimento.

Segundo a PM, cerca de 8 homens invadiram a agência, situada no bairro de Candelária, por volta das 3h. Eles usaram maçaricos para arrombar os caixas eletrônicos.

Os criminosos conseguiram fugir. A polícia ainda fez buscas, mas até o momento ninguém foi preso. (G1RN)

3.Um padeiro foi morto na noite desta terça-feira (31) no Centro de Baraúna, município do Oeste potiguar. De acordo com polícia ele estava na calçada de uma casa quando dois homens em uma moto se aproximaram e dispararam contra a vítima. Adler Abner foi atingido na cabeça e morreu no local…A polícia não tem informações sobre a motivação do crime. (G1RN)

Padeiro é baleado na cabeça e morre no Oeste potiguar (Foto: Redes Sociais)
Padeiro é baleado na cabeça e morre no Oeste potiguar (Foto: Redes Sociais)
Caixas eletrônicos foram arrombados na madrugada desta quarta-feira (1º) (Foto: Klaber Teixeira/Inter TV Cabugi)
Caixas eletrônicos foram arrombados na madrugada desta quarta-feira (1º) (Foto: Klaber Teixeira/Inter TV Cabugi)
Pai trabalha com dois filhos na serraria quando foram rendidos pelos assaltantes (Foto: Marksuel Figueredo/Inter TV Cabugi)
Pai trabalha com dois filhos na serraria quando foram rendidos pelos assaltantes (Foto: Marksuel Figueredo/Inter TV Cabugi)

Leave a Comment