Vivaldo pede empenho do Governo do Estado para reduzir índice de suicídio no RN

Com o objetivo de reduzir o índice de suicídio entre os jovens do Rio Grande do Norte, o deputado Vivaldo Costa (PROS) sugeriu que a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) realize um treinamento com os médicos que integram o Programa Saúde da Família. A ideia é capacitar os profissionais para que possam identificar sinais de depressão ou abuso de drogas, alguns dos principais motivadores do suicídio.

“Se temos uma estrutura e um problema de saúde gravíssimo, é preciso que a Secretaria de Saúde faça treinamento com médicos para fazerem atendimento com pessoas com problemas de saúde como depressão e abuso de drogas. Se esse problema for visto pelo médico do programa, pode ser identificado e quem sabe, evitado”, disse Vivaldo Costa.

Para tratar do problema, o parlamentar está propondo a realização de audiência pública, no próximo dia 20, que contará com a participação de especialistas. Recentemente, o suicídio entre jovens ganhou espaço nas rodas de conversas e na mídia, em razão do jogo virtual “Baleia Azul” e da série de TV “13 Reasons Why”, da Netflix. O primeiro tem origem russa e consiste numa sequência de desafios enviados por meio da internet. Esses desafios levaram adolescentes no mundo inteiro à automutilação e, em alguns casos, a tirar a própria vida.

Vivaldo Costa explica que a audiência pública também cumprirá o papel de desmistificar o assunto, primeiro passo para alertar as autoridades e a população em geral sobre a realidade do problema no Estado. O papel que cabe ao Poder Público na prevenção ao suicídio também entrará em pauta, assim como uma análise de estatísticas locais referentes à depressão, uma das suas principais causas.

 

Assessoria