Archive for junho 17th, 2021

CONTRADIÇÃO: Líder do governo Fátima defende CPI contra Bolsonaro, mas critica investigação no RN

Natal contraria decreto de governadora e afrouxa restrições
Governo Fátima defende CPI contra Bolsonaro, mas não quer pergunta sobre dinheiro de respiradores pagos pelo RN, e que não chegaram. / Foto da Internet

O líder do Governo Fátima Bezerra (PT) na Assembleia, deputado estadual Francisco do PT, classificou como “eleitoreira” a CPI da Covid que está prestes a ser instalada no parlamento para apurar as ações e omissões da gestão estadual no curso da pandemia.

“A motivação desta CPI nada mais é do que as eleições de 2022, essa é a nossa opinião”, disse o deputado petista em entrevista nesta quarta-feira (16) à 96 FM.

Quando questionado se sua opinião é a mesma em relação à CPI da Covid em curso no Senado, que está apurando as ações e omissões do Governo Federal durante a pandemia, a fala do deputado muda.

“A CPI do Senado ela atingiu os requisitos regimentais, segundo o próprio Supremo Tribunal Federal, portanto ela foi instalada em razão disso. Se ela for transformada em palanque eleitoral também está errado”, pontuou o deputado. Ele acrescenta que “há uma série de ações inadequadas do Governo Federal que justificam aquela CPI”.

Grande Ponto

Em reunião com ministro, deputada foi flagrada com um transmissor para matéria da TV Globo

O deputado federal Eduardo Bolsonaro, disse nesta quarta-feira (16), em entrevista ao Canal Terça Livre, que a deputada Luísa Canziani (PTB-PR), relatora da proposta que prevê a regulamentação do homeschooling no Brasil, foi flagrada com um transmissor, durante uma reunião com o ministro da Educação, Milton Ribeiro.

Segundo o deputado, ao ser questionada sobre o uso do dispositivo, a parlamentar disse que gravava para o programa Profissão Repórter, da TV Globo.

Ainda conforme declaração do filho do presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Educação foi aconselhado por ele para encerrar a reunião.

Blog do BG

Deputados aprovam projeto de Ezequiel Ferreira que regula off road no RN

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte aprovou na sessão plenária desta quarta-feira (16) o Projeto de Lei 131/2021 de autoria do presidente da Casa, deputado estadual Ezequiel Ferreira (PSDB), que estabelece diretrizes sobre a regulamentação de atividades off road, reconhecendo a atividade como esporte de aventura e radical de importante valor cultural e turístico para o RN. A matéria foi aprovada por unanimidade, com 21 votos favoráveis, e agora segue para a sanção ou veto da governadora Fátima Bezerra (PT). 

“Importante parabenizar todos os seguimentos envolvidos neste debate pela construção de um consenso. Esta é a casa do diálogo, e todos sentaram à mesa, discutiram, aperfeiçoaram a proposta e trouxeram sugestões de emendas. O entendimento é sempre o melhor caminho para aprimorarmos acima de tudo a política do RN. O projeto é um benefício que a Assembleia está fazendo em defesa da população do RN, que utiliza as trilhas e o nosso litoral, seja bugueiro ou praticante de off road”, disse Ezequiel Ferreira, enaltecendo a emenda aglutinativa apresentada de forma consensual pelo próprio parlamentar e pelos deputados Kelps Lima (SDD) e Coronel Azevedo (PSC).

Relator da proposta, o deputado Gustavo Carvalho (PSDB) também destacou a proposta única construída após semanas de diálogo entre os setores envolvidos. “Mostra o equilíbrio da Assembleia Legislativa em uma discussão importante para o Estado”, completou.

Já Coronel Azevedo ressaltou o fato do projeto “regulamentar uma atividade importante para o turismo do Estado, por dar mais segurança para os envolvidos e permitir que estes também frequentem a natureza do RN de forma regulamentada e segura”. 

O deputado Kelps Lima demonstrou satisfação com a aprovação da matéria em formato consensual. “Parabenizo pela forma democrática como processo foi conduzido na Assembleia, infelizmente sofremos com as fake news e radicalismos de alguns envolvidos na questão, mas chegamos a um consenso”, afirmou.

Para o deputado George Soares (PL), a proposta apresentada por Ezequiel resolve um antigo problema que já cobrava uma solução há algum tempo. “Regulamenta o passeio turístico que gera emprego e renda para bugueiros, trabalhadores, e também para a iniciativa privada, os off roads, pessoas que compram seus equipamentos, também fomentam a economia do RN, gerando ICMS e empregos. Havia luta histórica de desentendimento entre as duas atividades pelo mesmo espaço. RN não poderia ficar de fora de regulamentar essas atividades e de construir essa união”, destacou.

Ubaldo Fernandes (PL) relatou que por diversas vezes foi procurado por representantes do Sindicato dos Bugueiros e, sempre que necessário, foi recebido pelo presidente da Casa, Ezequiel Ferreira para debater o assunto e encontrar um entendimento. “Parabenizo o presidente pela serenidade com que conduziu o assunto. Ezequiel deu tempo ao diálogo, foi sensível, e chegou a consenso importante para o RN. Regulamenta sistema de lazer e entretenimento, não prejudica aqueles que há tempos fazem com que turismo do RN seja essa máquina de desenvolvimento”, disse.

Quem também parabenizou o presidente da Casa pela iniciativa foram os deputados Tomba Farias (PSDB), Cristiane Dantas (SDD), Hermano Morais (PSB), Isolda Dantas (PT) e Nélter Queiroz (MDB).

Na mesma sessão, os deputados aprovaram também por unanimidade, com 15 votos favoráveis, o projeto que define diretrizes para política pública “Menstruação sem Tabu” – conscientização sobre menstruação e universalização do acesso a absorventes. A proposta é de autoria do deputado estadual Kelps Lima e agora segue para a sanção ou veto da governadora Fátima Bezerra. 

“Nenhum homem sabe a dificuldade que é uma mulher querer ir trabalhar e não ter absorvente para usar. É a oportunidade de trazer essa discussão. E que nós homens passemos a ouvir mais as mulheres e os problemas que são sentidos só a elas por culpa da cultura que patrocinamos no Brasil e no mundo. Estou orgulhoso com este projeto”, disse Kelps.

Vacina contra Covid-19 em Natal: veja quem pode ser vacinado hoje e o que fazer

Aplicação da vacina contra a Covid-19 em Natal — Foto: Joana Lima/Prefeitura de Natal
Aplicação da vacina contra a Covid-19 em Natal — Foto: Joana Lima/Prefeitura de Natal

G1RN – A Prefeitura de Natal começou a vacinação contra a Covid-19 em 20 de janeiro e vem ampliando o público-alvo conforme chegam novas doses. Veja quem pode ser vacinado atualmente.

A prefeitura aplica nesta quinta (17) as seguintes vacinas: Pfizer (1ª dose), CoronaVac (2ª dose) e Oxford/AstraZeneca (1ª e 2ª dose).

Quem pode ser vacinado

Primeira dose

  • Trabalhadores da indústria (40 anos ou mais), do sistema de transporte coletivo, da limpeza urbana e do sistema prisional;
  • Trabalhadores ferroviários;
  • Motoristas de vans, alternativos, escolares e intermunicipais de médio porte com cadastro na Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU);
  • Pessoas com 50 anos ou mais;
  • Grávidas, puérperas e lactantes independente da condição de saúde pré-existente, a partir dos 18 anos;
  • Profissionais da segurança;
  • Pessoas com deficiência permanente sem comorbidades e sem BPC – 18 anos e mais;
  • Pessoas com comorbidades na faixa etária de 18 anos e mais;
  • Pessoas a partir de 18 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BCP);
  • Pessoas com deficiência permanente a partir de 18 anos com alguma das comorbidades listadas no Programa Nacional de Operacionalização (PNO);
  • Pessoas com Síndrome de Down;

Comorbidades

Diebetes mellitus; Pneumopatias crônicas graves, hipertensão arterial resistente, hipertensão estágio 3 e hipertensão estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade; insuficiência cardíaca; cor-pulmonale e hipertensão pulmonar; cardiopatia hipertensiva; síndromes coronarianas; valvoparias; miocardiopatias e pericadiopatias; doença da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas; arritimas cardíacas; cardiopatias congênita no adulto; próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados; doença cerebrovascular; doença renal crônica; imunossuprimidos; anemia falciforme; obesidade mórbida; síndrome de down; cirrose hepática

Segunda dose

Oxford/AstraZeneca

  • Pessoas que tenham tomado Oxford e tenham completado 12 semanas de intervalo da primeira dose ou estejam dentro do período aprazado no cartão vacinal

Segunda dose Coronavac

  • Pessoas que tenham tomado a primeira dose da Coronavac.

O que fazer se você está nos grupos acima

O governo do estado do Rio Grande do Norte lançou a plataforma RN Mais Vacina para os candidatos à vacinação fazerem um pré-cadastro e agilizar a campanha de imunização. Quem não fizer o pré-cadastro também será vacinado após a realização do cadastro completo presencialmente na unidade de vacinação.

Para receber a vacina é necessário apresentar cartão de vacina, comprovante de residência, documento original com foto e exames que comprovem a comorbidade, se este for o caso.

Para a comprovação da comorbidade é necessária a apresentação de apenas um dos documentos listados: laudo médico com CID, laudo médico com descritivo da doença ou condição de saúde, declaração médica do descritivo da doença, prescrição médica com carimbo ou cupom grampeado da farmácia da UBS, PROSUS, HIPERDIA ou UNICAT ou relatórios médicos com descritivos da doença.

As gestantes devem levar uma declaração médica autorizando a vacinação.

Para quem for receber a segunda dose, a Secretaria Municipal de Saúde reforça a importância de as pessoas observarem o cartão de vacinação, onde constam informações importantes como o tipo da vacina, data em que receberam a dose e previsão do reforço (a segunda dose).

Documentação necessária para pessoas com comorbidades:

Para vacinar, é preciso apresentar documento de identificação com foto, cartão de vacinação, comprovante de residência e um dos documentos listados abaixo:

  • Laudos com descritivo OU CID da doença ou condição de saúde
  • Declarações com descritivo OU CID da doença ou condição de saúde
  • Prescrições médicas (somente as que tiverem carimbo ou cupom grampeado da farmácia da UBS ou Prosus ou Unicat ou Hiperdia)
  • Relatórios médicos com descritivo ou CID da doença ou condição de saúde
  • Cadastro no HIPERDIA, PROSUS ou UNICAT.

Locais de vacinação por grupo

Trabalhadores ferroviários
Os trabalhadores do transporte ferroviário podem se vacinar no Palácio dos Esportes. A categoria deve apresentar crachá no ato da vacinação, comprovante de residência de Natal, documento com foto e carteira vacinal.

Trabalhadores da Indústria
A imunização dos trabalhadores da indústria será para a faixa etária acima de 40 anos. A vacinação, neste caso, acontece exclusivamente no Sesi, sendo necessária a comprovação de vínculo, RG e cartão de vacina.

Trabalhadores do sistema de transporte coletivo
Shopping Via Direta ( Drive Thru e pedestre), das 8h às 16h, com a condição de que apresentem crachá ou contracheque, além do documento com foto e cartão de vacinação.

Trabalhadores da limpeza urbana
Os locais de vacinação para estes profissionais são o Ginásio Nélio Dias e o Palácio dos Esportes, sendo necessário apresentar contracheque, documento com foto e cartão de vacinação.

Trabalhadores do sistema prisional
Uma equipe da Secretaria de Saúde de Natal estará, ainda, vacinando in loco os trabalhadores do sistema prisional.

Grávidas, puérperas e lactantes a partir dos 18 anos
A vacinação acontece nos seis drives da capital (Nélio Dias, Palácio dos Esportes, Via Direta, UnP Roberto Freire, OAB e SESI) e nas 35 salas de vacinação. As gestantes devem levar uma declaração médica autorizando a vacinação.

Pessoas com comorbidades 18+, pessoas com deficiência, pessoas com 50+ sem comorbidades, motoristas de vans, alternativos, escolares e intermunicipais de médio porte com cadastro na Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU)
A vacinação acontece nos seis drives da capital (Nélio Dias, Palácio dos Esportes, Via Direta, UnP Roberto Freire, OAB e SESI) e 10 salas de vacinação.

2ª dose Oxford/AstraZeneca
A vacinação acontece nos seis drives da capital (Nélio Dias, Palácio dos Esportes, Via Direta, UnP Roberto Freire, OAB e SESI) e 10 salas de vacinação.

CoronaVac (2ª dose)
A vacina da Coronavac passa a ser aplicada somente por agendamento. Confira aqui os telefones para agendamento.

RN tem chuvas 30% abaixo da média esperada de fevereiro a maio, diz Emparn

RN tem chuvas 30,4% abaixo do esperado de fevereiro a maio, diz Emparn — Foto: Bruno Andrade
RN tem chuvas 30,4% abaixo do esperado de fevereiro a maio, diz Emparn — Foto: Bruno Andrade

O Rio Grande do Norte teve chuvas 30,4% abaixo da média esperada para o período de fevereiro a maio de 2021. A informação é da unidade instrumental de Meteorologia da Empresa de Pesquisa do Rio Grande do Norte (Emparn).

A expectativa era de uma média de chuvas em torno de 526,2 milímetros, porém, o volume médio observado foi de 369,2 mm no período.

“O período chuvoso no RN foi marcado pela presença do Fenômeno La Niña no Oceano Pacífico, associados às condições do Oceano Atlântico, com temperaturas quentes na bacia tropical norte e frias na bacia tropical sul, dificultou a ocorrência de chuvas no Estado. Como resultado deste cenário observaram-se desvios negativos em todas as regiões do Rio Grande do Norte”, avaliou o chefe da unidade, o meteorologista, Gilmar Bristot.

Municípios localizados na Costa Branca, Região da Borborema, Trairí, Mato Grande e todo o Litoral Leste, foram os locais com maiores déficits.

RN tem chuvas 30,4% abaixo do esperado no períodos chuvoso em 2021 — Foto: Reprodução/Emparn

RN tem chuvas 30,4% abaixo do esperado no períodos chuvoso em 2021 — Foto: Reprodução/Emparn

A Emparn ressalta que o inverno no hemisfério sul começa na próxima segunda-feira (21), às 00h32. Para a região do Nordeste do Brasil o período é marcado com a maior ocorrência de chuvas na faixa litorânea e o início do período seco no interior do estado e a diminuição das temperaturas nas regiões serranas.

Gilmar Bristot avalia que a previsão é de que ocorram chuvas abaixo do normal no início da estação (junho) como já vem sendo constatado pelas análise, devendo ocorrer maiores volumes a partir da última semana de junho.

“As atuais condições apresentadas pelo Oceano Atlântico Sul não estão favoráveis para uma maior ocorrência de chuvas no momento devido a intensidade e posição do sistema de Alta Pressão que tem oscilado muito devido ao não estabelecimento ainda do período mais frio no hemisfério Sul, o que tem mantido a condição de vento soprando de sul (vento mais frio e seco). A expectativa é que as condições de chuva deverão normalizar na última semana de junho, julho e agosto”, completou.

Previsão de volume médios de chuvas para o período de junho a setembro de 2021.

  • Oeste- 85,1 mm
  • Central- 73,0 mm
  • Agreste- 226,9 mm
  • Leste- 506,5 mm

G1RN

Deputados participam de aditivo do PAA Leite e lançamento do Digitaliza Brasil no RN

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte esteve representada em um evento de grande importância para o desenvolvimento de Mossoró e região, nesta quarta-feira (16). Os deputados estaduais Galeno Torquato (PSD) e Coronel Azevedo (PSC) estiveram na capital do Oeste para acompanhar o lançamento do edital da fase 1 do programa Digitaliza Brasil, que vai transformar a recepção do sinal de televisão de analógica para digital na região. 

Contando com a presença dos ministros da Comunicação, Fábio Faria, e da Cidadania, João Roma, o lançamento do programa foi considerado um avanço importante para a população da região. Ao todo, o estado tem 17 municípios aptos a aderirem ao programa e receberem equipamentos fornecidos pelo Ministério das Comunicações, nesta primeira fase. 

No mesmo lançamento, o ministro João Roma, realizou a assinatura do aditivo para liberação de recursos para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA Leite), que é comandado pelo Ministério da Cidadania. O convênio repassa ao Rio Grande do Norte mais de R$ 36 milhões, com vistas ao atendimento de 17.179 famílias, o equivalente a mais de 100 mil potiguares beneficiados direta ou indiretamente.

“São mais duas importantes ações do Governo Federal em benefício do Rio Grande do Norte. Programas que vão contribuir para a educação e, também, para beneficiar produtores e famílias do nosso estado”, disse Coronel Azevedo. 

Além de comemorar o anúncio das ações no estado, Galeno Torquato aproveitou para mediar encontros de prefeitos e lideranças da região Oeste com os ministros, apresentando pleitos importantes para cidades como Baraúna, Pau dos Ferros, Água Nova, Severiano Melo e outras cidades do Oeste e Alto Oeste. 

“São programas importantes para o estado e pudemos solicitar também atenção a outros pleitos importantes para cidades da região. Com certeza, foi um dia de muito trabalho e produtivo”, disse Galeno Torquato.

Ezequiel Ferreira recebe novo gestor das relações institucionais da Aeronáutica

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), recebeu na manhã desta quarta-feira (16), os assessores de Relações Institucionais da Aeronáutica, Brigadeiro Cláudio Alves da Silva, que anunciou a saída do cargo e o Coronel João Carlos Araújo que foi apresentado como substituto. O encontro aconteceu na sala da presidência.
 
“A nossa palavra é de reconhecimento pelo seu trabalho, pela sua honradez na condução do cargo. Foram anos de relacionamento entre as instituições que hora representamos. Agradecer os serviços prestados ao meu Estado”, disse Ezequiel Ferreira, referindo-se ao trabalho desenvolvido pelo Brigadeiro Cláudio Alves da Silva, à frente do setor de Relações Institucionais da Aeronáutica no RN.
 
“As pessoas passam e as instituições ficam. É chegada a hora de deixar o cargo, mas sigo minha missão de continuar contribuindo com esse Estado que aprendi a amar e que escolhi para viver”, ressaltou o Brigadeiro Cláudio Alves.
 
Na ocasião Ezequiel deu as boas-vindas ao Coronel João Carlos Araújo que assume o cargo. “Dar as boas-vindas e dizer que conte com essa Casa Legislativa. Continuamos à disposição, como sempre estivemos durante todos esses anos”, reforçou Ezequiel. Também participaram da reunião Sérgio Freire – Procurador-Geral da Assembleia Legislativa; Fernando Rezende – Diretor Geral da Presidência e Dulcinéia Brandão – Diretora Administrativa e Financeira da Assembleia Legislativa.
 

Albert Dickson repercute notícias e estudos relativos à COVID-19

Em pronunciamento durante a sessão plenária dessa quarta-feira (16), na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, o deputado Albert Dickson (PROS) destacou notícias e informações divulgadas ao longo da semana relacionadas à pandemia do Coronavírus. Em primeiro lugar, o parlamentar comemorou o anúncio feito pela presidência da república sinalizando que irá renovar o contrato para a compra de mais vacinas da Pfizer.  “Isso é muito bom, pois a tendencia natural é que essa vacina seja anual e a nossa preocupação, nesse momento, com certeza concluir a vacinação”, disse Albert.

Na oportunidade, o deputado enalteceu também o anúncio do cronograma de vacinação feito pelo Governo do Estado com base nas informações repassadas pelo Governo Federal. “A governadora Fátima fez um pronunciamento importante para o povo norte-rio-grandense, sinalizando que em meados de setembro irá concluir a vacinação para adultos”, destacou ele, reforçando também a importância da segunda dose da vacina. 

“Muitas pessoas ainda relutam em ralação a vacinação e achei interessante a medida do governo do Maranhão que decidiu bonificar as pessoas que tomassem a segunda dose da vacina. É realmente necessário estimular o cidadão para isso, uma vez que a primeira dose tem a função de treinar a imunidade, enquanto a segunda a de prolongar a imunidade. Então de nada adianta tomar a primeira e não a segunda dose”, alertou. 

Ao final do pronunciamento, Albert repercutiu dois estudos recentemente publicados: um pela Universidade Federal de Santa Catarina, que segundo ele comprova a ação da vacina tríplice viral MMR, que protege contra rubéola, caxumba e sarampo. O segundo estudo, publicado pela revista americana Science, indica que a provável causa da Covid-19 não agir de forma grave nas crianças seria justamente por essas serem protegias pela tríplice viral.

“A função da MMR, segundo os estudos, é induzir a supressão de células supressoras mieloides, inibindo a inflamação séptica, que é a fase final da Covid-19 e que leva à mortalidade. É um dado muito interessante esse, lembrando apenas que não é vacina para a Covid-19”, concluiu Albert.