Ezequiel Ferreira faz solicitações ao Governo do RN para Nísia Floresta

A realização de um convênio entre Nísia Floresta e o Governo do Estado para pavimentação e drenagem de ruas; estudo de viabilidade técnica para a execução do saneamento básico, perfuração e instalação de poços tubulares na cidade, reforma das escolas estaduais Celita F. Barbosa, Professor Manoel Laurentino, Alceu Emiliano da Silva, Nísia Floresta e Almir da Silva Leite, o aumento do efetivo policial e melhores condições de trabalho para a Polícia Militar foram solicitações do presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), ao governo do RN para ações efetivas no município da Região Agreste.
 
Os requerimentos foram protocolados na sessão desta terça-feira (11) e atendem aos anseios dos moradores de Nísia Floresta, encaminhados ao deputado pelo prefeito Daniel Marinho. Levando em consideração que a falta de pavimentação e drenagem em ruas urbanas prejudica e dificulta o tráfego e o acesso dos moradores, o deputado Ezequiel requereu ao secretário de Estado da Infraestrutura, Gustavo Fernandes Rosado Coelho, que seja firmado um convênio com o município no sentido de beneficiar a população com a pavimentação e drenagem das ruas.
 
Em pleito direcionado a CAERN foi solicitada a execução do saneamento para proporcionar uma situação higiênica saudável para os habitantes do município. Ao secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, João Maria Cavalcanti, foi requerida a perfuração de poços tubulares com o objetivo de prevenir os problemas que poderão surgir caso o colapso no abastecimento d`água da cidade esteja sob ameaça.
 
Já ao secretário de Estado da Educação e da Cultura, Getúlio Marques Ferreira, o deputado Ezequiel cobrou a realização de reformas nas escolas estaduais Celita F. Barbosa, Professor Manoel Laurentino, Alceu Emiliano da Silva, Nísia Floresta e Almir Da Silva Leite, localizadas no município de Nísia Floresta, que estão em insatisfatórios estados de conservação, com rachaduras nas paredes, goteiras no telhado e com a parte hidráulica e elétrica deterioradas.
 
Ao secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Francisco Canindé de Araújo, foi pleiteado o aumento do efetivo policial pois o número de policiais está reduzido, além de não possuírem condições adequadas de trabalho, devido à falta de equipamentos. “O município de Nísia Floresta, cuja população hoje é estimada em 27.938 habitantes (IBGE/2020), está bastante vulnerável quanto à segurança pública”, disse o deputado.

Leave a Comment